Deputado Nelson Leal elogia novo Fundeb e diz que Parlamento deu resposta “aos que apostavam só no caos e no retrocesso”

Deputado Nelson Leal.
Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais de Educação agora é permanente, diz deputado Nelson Leal.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, elogiou hoje (22/07/2020), a Câmara dos Deputados pela aprovação, ontem, da emenda constitucional que torna o Fundeb permanente e eleva de 10% para 23% a fatia da União no fundo. “O Governo Federal quis adiar as novas regras para 2022, mas a Câmara, em votação histórica, não só renovou, mas aperfeiçoou o Fundeb, que é o fundo de financiamento do ensino básico. Os que só apostavam no caos e no retrocesso perderam feio. O Fundeb ficou muito melhor do que já era. E, com certeza, será aprovado também no Senado Federal”, comemora Leal.

De acordo com o chefe do Legislativo estadual, o novo Fundeb vai priorizar, de fato, a educação infantil. “Temos 6,5 milhões de crianças fora da escola, o que é um absurdo. Tenho repetido que o Brasil não vai mudar, não vai avançar, se não investir maciçamente em educação. O novo Fundeb é um passo gigante nessa direção, como prioridade, com financiamento e com recursos assegurados”, ressalta o presidente da ALBA.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9750 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).