Alagoas: PF desencadeia Operação Levante e combate prática de crimes em ambientes virtuais

PF deflagra Operação Levante para investigar perfis que atuavam de maneira criminosa em redes sociais.
PF deflagra Operação Levante para investigar perfis que atuavam de maneira criminosa em redes sociais.

A Polícia Federal deflagrou hoje (22/07/2020) a Operação Levante, para investigar a utilização de perfis em uma rede social para divulgar mensagens que incitavam eleitores a se rebelarem contra o resultado das eleições presidenciais ocorridas no ano de 2018. Policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal, na cidade de Maceió.

As investigações tiveram início em janeiro de 2019 e identificou que, por meio de vários perfis de uma rede social, foram divulgadas mensagens incentivando a paralisação do Brasil e a adoção de processos violentos por parte de eleitores e entes estatais, com o objetivo de alterar eventual resultado indesejado das eleições. Essas mensagens foram publicadas em perfis abertos e, por isso, tiveram alcance nacional.

Durante a busca, foram arrecadados equipamentos de informática como computadores, notebooks e mídias digitais que serão analisados pelo setor de perícias da Polícia Federal em Alagoas. O resultado da análise do material apreendido será juntado no inquérito policial que apura crime contra a segurança nacional previsto na Lei 7.170/73.

As pessoas investigadas poderão responder pelos crimes de “fazer, em público, propaganda de processos violentos ou ilegais para alteração da ordem política ou social” e de “incitação à subversão da ordem política e social”, previstos nos artigos 22 e 23 da Lei 7.170/73. A pena prevista para cada crime varia de 1 a 4 anos de prisão.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9615 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).