Vereador promete CPI para investigar empresas de transporte público de Feira de Santana

Alberto Nery: tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua.
Alberto Nery: tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua.

Ao discursar na sessão virtual realizada pela Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (22/06/2020), o vereador Alberto Nery (PT) anunciou que abrirá uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades nas empresas de transporte público que atuam no município.

Alberto Nery reforçou a necessidade de averiguar as informações contratuais das empresas em CPI, porque “tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua. Houve uma auditoria solicitada pelo prefeito em 2018, que nós não sabemos o fim, mas, eu queria comunicar aos meus colegas vereadores que darei entrada ao pedido de CPI para que nós possamos apurar e fazer um raio-x realidade do sistema de transporte da nossa cidade, porque da forma em que ele está sendo conduzido, a qualquer momento a população pode ficar sem transporte”, justificou o edil.

Ainda com a palavra, o parlamentar reivindicou pela circulação do “fumacê” no município e ressaltou a importância do inseticida para controlar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e do Zika Vírus. “Eu vou entrar em contato com o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, para que ele possa intervir, junto ao Governo do Estado, para que mande o produto utilizado no combate do mosquito”, afirmou.

Em aparte, o vereador Luiz Augusto de Jesus (DEM) declarou que a interferência do petista será de grande relevância, porque, de acordo com Lulinha, o inseticida foi enviado para as demais cidades do interior baiano, com exceção de Feira de Santana.

Alberto Nery: tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua.
Alberto Nery: tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112560 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]