Trechos de livro de John Bolton complicam demanda para interromper publicação, diz juiz dos EUA sobre revelações do Governo de Donald Trump

John Robert Bolton é um diplomata, ex-militar, advogado e político norte-americano conhecido por suas visões conservadoras e nacionalistas. Foi embaixador dos Estados Unidos na ONU de 2005 a 2006 durante a administração George W. Bush. Também trabalhou no gabinete dos governos George H. W. Bush e Ronald Reagan.
John Robert Bolton é um diplomata, ex-militar, advogado e político norte-americano conhecido por suas visões conservadoras e nacionalistas. Foi embaixador dos Estados Unidos na ONU de 2005 a 2006 durante a administração George W. Bush. Também trabalhou no gabinete dos governos George H. W. Bush e Ronald Reagan.

(Reuters) – Um juiz federal expressou dúvidas na sexta-feira de que a Casa Branca possa manter as memórias do ex-assessor de segurança nacional John Bolton fora do alcance do público depois que os meios de comunicação divulgaram trechos e mais de 200.000 cópias foram distribuídas.

“O cavalo, como costumávamos dizer no Texas, parece estar fora do celeiro”, disse o juiz distrital Royce Lamberth, em Washington, em uma audiência.

Lamberth avalia o pedido de emergência do governo Trump para uma ordem de restrição temporária e uma liminar contra a publicação agendada para 23 de junho de 2020 de “The Room Where It Happened: A White House Memoir”.

O governo diz que o livro contém informações sigilosas e ameaça a segurança nacional. Lamberth disse que vai revisar o livro antes de decidir.

O livro de Bolton chamou muita atenção pelo retrato sombrio de Trump.

De acordo com o livro, a política conduziu a política externa de Trump, incluindo o fato de que o presidente dos EUA implorou ao presidente chinês, Xi Jinping, por ajuda na eleição deste ano, além de detalhar supostas impropriedades não abordadas no julgamento de impeachment de Trump.

O presidente norte-americano demitiu Bolton, homem forte da política externa, em setembro passado, após 17 meses como consultor de segurança nacional.

*Com informações de Jonathan Stempel, da Agência Reuters.

John Robert Bolton é um diplomata, ex-militar, advogado e político norte-americano conhecido por suas visões conservadoras e nacionalistas. Foi embaixador dos Estados Unidos na ONU de 2005 a 2006 durante a administração George W. Bush. Também trabalhou no gabinete dos governos George H. W. Bush e Ronald Reagan.
John Robert Bolton é um diplomata, ex-militar, advogado e político norte-americano conhecido por suas visões conservadoras e nacionalistas. Foi embaixador dos Estados Unidos na ONU de 2005 a 2006 durante a administração George W. Bush. Também trabalhou no gabinete dos governos George H. W. Bush e Ronald Reagan.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108614 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]