Secretário de Saúde anuncia que Hospital Clériston Andrade 2 será entregue no dia 29 de junho de 2020

Em Feira de Santana, obras do novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA 2) entram em fase final de conclusão.
Em Feira de Santana, obras do novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA 2) entram em fase final de conclusão.

O novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA 2), em Feira de Santana, deve entrar em funcionamento no dia 29 de junho de 2020, fortalecendo a rede de saúde com mais 40 leitos de UTI, disponíveis para o tratamento dos pacientes mais graves do Covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (dia 05), pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Bôas, em suas redes sociais.

“Serão 60 leitos exclusivos para Covid, sendo 40 de UTI. Terá ainda tomografia, ressonancia e toda a infraestrutura necessária” disse o secretário, destacando que o HGCA2 será o maior centro de excelência de saúde do interior do estado. No total, o Governo do Estado investiu mais de R$ 50 milhões, entre obras físicas e aquisição de equipamentos para o HGCA 2.

A nova unidade possui 8.000 m², divididos em três pavimentos. No andar térreo será instalado o setor de bioimagem, com dois tomógrafos e ressonância, bem como o maior Centro de Hemorragia Digestiva do interior do estado. O primeiro pavimento será destinado aos 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e o segundo terá o segundo maior centro cirúrgico do estado, com 12 salas operatória. O prédio terá uma estrutura moderna e será o primeiro hospital 4.0 da Bahia, o que evita o preenchimento de prontuários manualmente.

Atualmente, os pacientes com o coronavírus já contam com 10 leitos exclusivos, no HGCA 1, e outros 40, no Hospital da Criança, sendo 30 pediátricos (10 de UTI) e 10 adultos (gestantes e puérperas).

Sobre Carlos Augusto 9517 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).