Roberto Tourinho tece críticas ao Governo sobre auxílio-merenda e precariedade das ruas de Feira de Santana; Líder governista contesta

Roberto Tourinho: os alunos e suas famílias aguardam, há muito tempo, mais precisamente há 104 dias, para receber o auxílio-merenda a fim de superar este momento de dificuldade.Roberto Tourinho: os alunos e suas famílias aguardam, há muito tempo, mais precisamente há 104 dias, para receber o auxílio-merenda a fim de superar este momento de dificuldade.

O vereador Roberto Tourinho (PSB) usou o plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (29/06/2020), para tecer críticas a respeito do momento de dificuldade que se tem vivido em Feira de Santana por conta da pandemia do coronavírus, especialmente na área escolar.

“Os alunos e suas famílias aguardam, há muito tempo, mais precisamente há 104 dias, para receber o auxílio-merenda a fim de superar este momento de dificuldade. Não sei o que acontece na Prefeitura de Feira de Santana que as ações ocorrem de forma incompleta. Tem 104 dias que os alunos da rede municipal de ensino estão sem receber o auxílio-merenda. A Prefeitura alegou que estava fazendo uma consulta para saber se poderia usar os recursos do FUNDEB para poder adquirir merenda escolar para essas famílias. E, até hoje, nada”, relatou o edil.

Roberto Tourinho continuou: “Não sei o que o prefeito Colbert Martins tem contra o povo de Feira. Ele não gosta desse povo, dessa gente, das pessoas carentes de nossa cidade que estão aí, repito, há 104 dias sem que uma decisão seja tomada quanto ao auxílio-merenda. Colbert, não trate tão mal seu povo e sua gente! Falta pouco tempo para o senhor sair da Prefeitura e continuar viajando para a Antártida, a Irlanda, para os locais onde o senhor gosta de passear. Mas não trate mal este povo que não merece ser desprezado. E aqui, senhor presidente, nós cobramos da Prefeitura uma ação para resolver esta situação”.

Em continuidade à sua fala, o parlamentar cumprimentou os professores de Feira de Santana. “Não sei o que foi que os professores e funcionários da área de educação fizeram, mas o Prefeito não gosta de vocês, tanto que ordenou que parte do salário de vocês fosse suspenso. Mas a Justiça de Feira de Santana, mais precisamente a Vara da Fazenda Pública, determinou, liminarmente, a imediata suspensão do corte salarial dos professores. Uma vitória da categoria, uma vitória dos professores, uma vitória da APLB”, frisou.

Ainda segundo o vereador, o prefeito iria suspender parte dos salários por perseguição. “O prefeito estava perseguindo a você, professor, professora, trabalhador, que todos os dias saía de casa para dar aula, se deslocando nessas estradas esburacadas de Feira de Santana… e aí o prefeito, que não gosta de vocês, suspendeu parte dos salários só para perseguir, só para maltratar vocês. E aqui nessa Casa (da Cidadania), com o apoio do líder do governo, Marcos Lima, ele estava orquestrando para que os professores tivessem prejuízos. E agora, através de uma liminar, foi decidido que não houvesse o desconto dos salários dos professores”, pontuou.

O vereador Marcos Lima (DEM), líder do governo, pediu um aparte e disse que o colega está equivocado. “Eu jamais fiz isso aqui, vereador. Eu tenho contato direto com a presidente do Sindicato dos Professores e contato direto com o Prefeito, com quem converso a respeito da realização desse pagamento. Eu sempre lutei por eles”, ressaltou.

Roberto Tourinho continuou: “Isso é conversa, professores, de que o Governo gosta de vocês… vocês sabem muito bem que o Governo sempre tramou contra os professores… até hoje é uma luta para que vocês sejam recebidos na Prefeitura. O secretário de educação também não gosta dos professores e aí não restou outro caminho senão a Justiça. Parabéns para os professores e para a APLB!”.

Situação do SAMU em Feira de Santana

Antes de finalizar o seu pronunciamento, o vereador Roberto Tourinho falou sobre o SAMU. “Acompanhamos nas redes sociais o que está acontecendo. Funcionários que estão sendo perseguidos, que estão trabalhando sem os equipamentos de segurança. A Prefeitura tem 10 viaturas do SAMU cadastradas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, mas não estão rodando as 10 no município; apenas 2, 3 viaturas estão circulando pela cidade”, evidenciou.

O parlamentar continuou: “Os funcionários estão pedindo socorro! Eles estão sendo infectados, a situação está precária e eles estão mostrando tudo através de vídeos e gravações. O senhor, Prefeito, é médico e precisa ter cuidado com a saúde do povo. (…) Vai entrar para a história como o culpado das mortes pelo coronavírus em Feira de Santana”.

Roberto Tourinho denuncia a precariedade de ruas do município

O vereador Roberto Tourinho (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana relatar a “situação de abandono” das estradas e ruas do município, dando destaque para as vias da zona rural.

O parlamentar citou que, ao visitar o distrito de Humildes durante o final de semana, encontrou estradas danificadas que atrasaram o seu trajeto. Ele acrescentou que a situação se repete nos demais distritos e em diversos povoados como Caroara, Pau Seco e Doutor.  E declarou: “são poças de lama, atoleiro e buracos que fazem com que pequenos roteiros durem mais de 40 minutos”.

Roberto Tourinho também afirmou ter identificado condições precárias em ruas do bairro Asa Branca, Campo Limpo, Subaé e SIM. “Buracos, lama, crateras e moradores completamente ilhados. Quem transita em uma avenida como a Artêmia Pires – que leva a uma grande quantidade de condomínios – tem ficado perplexo com a quantidade de buracos”, descreveu o edil.

Na oportunidade, o vereador informou que encaminhará um requerimento à Prefeitura, solicitando informações referentes ao maquinário já adquirido “que está há mais de quatro meses sem que se coloque para rodar”. E exclamou: “a população não suporta mais sofrer com tanto descaso e desleixo para com o município!”.

Marcos Lima se defende de críticas oposicionistas

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM) rebateu as críticas feitas a ele pelo colega Roberto Tourinho (PSB).

“Quero lamentar o pronunciamento do colega Roberto Tourinho. Há dias, usei a tribuna para defender o pagamento dos salários dos professores e estagiários de Feira de Santana, ao contrario do que disse o vereador. Inclusive, estive reunido com o secretário Municipal de Educação e o prefeito para avaliar a possibilidade da a realização do pagamento destes trabalhadores e o prefeito afirmou que era necessário fazer o corte salarial dos professores e que a categoria deveria buscar a Justiça. O recurso da APLB foi favorável à categoria e o prefeito cumprirá a decisão judicial”, defendeu o líder.

Em aparte, o edil Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) disse que o oposicionista Roberto Tourinho faz discurso de palanque. “Não é a primeira vez que Tourinho distorce nossos discursos, e faz discursos de palanque porque é candidato a prefeito, mas queima cartucho porque quando for fazer palanque não terá mais discurso”, afirmou.

De volta com a palavra, Marcos ressaltou que sua intenção é sempre contribuir com a população. “Tourinho tenta jogar os funcionários públicos contra mim. Mas, existe um Projeto de Lei que autoriza a suspensão da cobrança de parcelas de empréstimo consignado durante a pandemia”, informou. Também em aparte, o edil Edvaldo Lima (MDB) reforçou a proposta do PL citado pelo líder governista.

Para finalizar, Marcos relatou a dificuldade de muitos trabalhadores durante a pandemia da COVID-19. “Sabemos que muitas pessoas estão sem trabalhar e passando dificuldades em casa. Há ainda aquelas pessoas que estão arcando com as despesas de casa sozinhas, por ter emprego fixo. Então, temos que observar todas as condições e trabalhar no sentido de ajudar os que precisam”, findou.

Roberto Tourinho: os alunos e suas famílias aguardam, há muito tempo, mais precisamente há 104 dias, para receber o auxílio-merenda a fim de superar este momento de dificuldade.

Roberto Tourinho: os alunos e suas famílias aguardam, há muito tempo, mais precisamente há 104 dias, para receber o auxílio-merenda a fim de superar este momento de dificuldade.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]