Estudantes da zona rural de Caetité ressaltam valor da empatia por meio de atividades online

Estudante Janaina Trindade, 17, 3º ano, é uma das envolvidas na iniciativa e falou sobre os benefícios do projeto.Estudante Janaina Trindade, 17, 3º ano, é uma das envolvidas na iniciativa e falou sobre os benefícios do projeto.

Os estudantes do Colégio Estadual Pedro Atanásio Garcia (CEPAG), localizado no distrito de Maniaçu, na zona rural do município de Caetité, estão expondo as suas impressões sobre o isolamento social, através do projeto “CEPAG – em tempos de pandemia desenvolver a empatia” O  objetivo é valorizar e expressar os sentimentos dos estudantes durante o período de suspensão das aulas por conta da prevenção ao novo Coronavírus. Os estudantes estão compartilhando selfies tiradas nas comunidades onde vivem, fazendo relatos escritos e vídeos motivacionais nas redes sociais da escola e em grupos de WhatsApp. O material produzido pode ser acessado no e-book criado pelos professores, no link: (https://www.flipsnack.com/202005profile/selfies-em-tempos-de-isolamento-social-cepag.html).

A estudante Janaina Trindade, 17, 3º ano, é uma das envolvidas na iniciativa e falou sobre os benefícios do projeto. “O isolamento mostra a necessidade que temos, enquanto sociedade, do convívio com os demais, das interações no meio escolar, dos encontros de famílias e de amigos. Com a nova adaptação, começamos a notar as histórias de nossa comunidade, a aprender sobre a nossa origem e a aproveitar este tempo para aprender mais sobre nós mesmos e tornar o isolamento social, em tempos de pandemia, ainda mais útil”, afirmou.

Para a estudante Joice Vitória, 16, 2º ano, participar do projeto foi incentivador. “Minha intenção ao participar do projeto foi única, ou seja, ajudar os estudantes do nosso colégio, motivá-los neste momento difícil de distanciamento social e dar-lhes o incentivo de mostrar seus sentimentos com relação à pandemia da COVID-19, por meios de textos, selfies e vídeos”, comentou.

A professora e orientadora do projeto, Rita Malheiros, destacou o impacto socioemocional do projeto. “Com este projeto, alcançamos um outro patamar de visibilidade das ações desenvolvidas no colégio. Projetamos a voz do estudante do campo nas selfies, nos depoimentos, na produção dos vídeos motivacionais e na organização geral do e-book. Tivemos a oportunidade de sentir a empatia pelo outro, de saber o que o outro sente e pensa”, revelou.

Já a professora Sirleide Rodrigue falou da emoção que a empatia promove em todos os envolvidos. “Receber os textos com relatos, editá-los e torná-los públicos, me deu uma sensação de estar promovendo a inclusão, já que muitos de nossos estudantes que moram em comunidades distantes, não teriam condições de expressar seus sentimentos de forma compartilhada com tantas pessoas, nesta época de isolamento social”, salientou.

Suspensão das aulas

Em função da situação de emergência de Saúde Pública provocada pelo novo Coronavírus, as aulas foram suspensas em toda a Bahia e serão repostas a partir de um novo calendário escolar.

Estudante Janaina Trindade, 17, 3º ano, é uma das envolvidas na iniciativa e falou sobre os benefícios do projeto.

Estudante Janaina Trindade, 17, 3º ano, é uma das envolvidas na iniciativa e falou sobre os benefícios do projeto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]