Vereadores enfatiza prevenção à Covid- 19 em Feira de Santana

Luiz Augusto (Lulinha): o prefeito foi sensível e abriu uma parte do comércio, mas as pessoas não estão respeitando.
Luiz Augusto (Lulinha): o prefeito foi sensível e abriu uma parte do comércio, mas as pessoas não estão respeitando.
Luiz Augusto (Lulinha): o prefeito foi sensível e abriu uma parte do comércio, mas as pessoas não estão respeitando.
Luiz Augusto (Lulinha): o prefeito foi sensível e abriu uma parte do comércio, mas as pessoas não estão respeitando.

Na sessão ordinária desta segunda-feira (11/05/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) enfatizou a necessidade de evitar aglomerações, utilizar máscaras e higienizar corretamente as mãos para combater a pandemia do novo coronavírus (Covid- 19).

O parlamentar citou o caso do médico Ramon Barbosa, de 43 anos – que atuou por muitos anos em Feira de Santana e morreu domingo (10), na cidade de Jequié – vítima da Covid – 19, para destacar a gravidade da doença.

“Em entrevista, o governador explicou que o médico se sentiu mal enquanto estava trabalhando. Ele foi levado para fazer exame, avaliar a respiração e quando fez a tomografia constatou que estava com 75% do pulmão comprometido, sem sentir nada. Isto mostra que temos de ter cuidado, a doença avança em Feira de Santana e na Bahia. O prefeito foi sensível e abriu uma parte do comércio, mas as pessoas não estão respeitando. Estão saindo sem máscara, em aglomerações, não estão acreditando. Precisamos nos prevenir”, opinou.

O parlamentar observou que os feirenses têm enfrentado outro grave problema de saúde o aumento nos casos de dengue, zika e chikungunya – transmitidos pelo mosquito Aedes aegypt – e cobrou do Governo do Estado a utilização do carro fumacê no combate ao mosquito. Ele também sugeriu a contratação emergencial de agentes de saúde. “Contratação de mais agentes de saúde para reforçar a luta contra o mosquito nos bairros e distritos de Feira de Santana”.

Isaías dos Santos pede que população leve a sério a pandemia da Covid-19

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira o vereador Isaías de Diogo (MDB) pediu que as pessoas levem a sério a contaminação e proliferação do coronavírus.

“Edvaldo se emociona quando sobe a esta tribuna. Mas, a imprensa está divulgando os fatos que estão acontecendo na Bahia e no mundo. Quero não acreditar em tudo que está acontecendo, mas há fatos que não podemos duvidar. Ontem morreu de COVID-19 o médico Ramon Barbosa dos Santos. Não foi ele quem estava andando de jet ski e fazendo churrasco. As pessoas precisam levar essa enfermidade a sério. Não adianta vir aqui e tirar o foco do problema. Muitas pessoas estão chorando e sofrendo porque perderam seus entes queridos para o coronavírus”, pediu Isaías de Diogo.

João dos Santos demonstra preocupação com falta de uso de máscaras por feirenses

O vereador João dos Santos (João Bililiu, PSD) utilizou o plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana para ressaltar sua preocupação com a falta de uso de máscaras por parte de alguns feirenses neste período de pandemia do novo coronavírus.

“Muitas pessoas estão sem usar máscara em Feira de Santana. Já ficou comprovado que este coronavírus é real e é letal. Portanto, se cuidem; vamos levar a sério esta pandemia”, disse o vereador.

O edil utilizou seu tempo na tribuna para falar também a respeito da pequena atuação do governo do Estado no município feirense. “É um verdadeiro marasmo o que o governador e o deputado Zé Neto fazem. Eles prejudicam o povo com estas atitudes. Para o carnaval teve dinheiro, mas o dinheiro para pagar os funcionários sumiu. Como se explica isso?”, questionou.

Durante o discurso do colega, o vereador Cadmiel Pereira (DEM) pediu a palavra e frisou que o governo do Estado foi o maior patrocinador do carnaval deste ano. “Eles estavam lá durante o carnaval, inclusive o secretário de saúde do Estado. E agora, cadê o dinheiro para pagar os funcionários?”, indagou.

Povoados de Jaguara

O edil discursou também a respeito do transformador do povoado de Morrinhos, distrito de Jaguara, o qual, segundo ele, pode ocasionar um acidente grave. “Do jeito que está pode acontecer a qualquer momento um acidente gravíssimo, pois o transformador está jorrando óleo e soltando faísca para todos os lados. Tem mais de 40 dias que fiz uma reclamação aqui e até hoje a Coelba não resolveu”, pontuou.

Em seu pronunciamento, o vereador citou ainda a situação do transformador do povoado da Barra, distrito de Jaguara. “É o mesmo de 18 anos atrás, que foi colocado quando lá só existiam 20 casas. Agora tem mais de 100 residências e lá está o mesmo transformador. É geladeira queimando, é carne perdendo, é alimento azedando, por causa do descaso da bendita Coelba”, frisou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110028 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]