Vereador solicita a instalação de toldos e banheiros químicos em agências bancárias e aborda situação do calendário escolar 2020

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cadmiel Mascarenhas: ninguém está nas filas porque quer, é por necessidade. Todos os esforços precisam ser contínuos, os projetos de cultura e esporte que tínhamos para 2020.
Cadmiel Mascarenhas: ninguém está nas filas porque quer, é por necessidade. Todos os esforços precisam ser contínuos, os projetos de cultura e esporte que tínhamos para 2020.
Cadmiel Mascarenhas: ninguém está nas filas porque quer, é por necessidade. Todos os esforços precisam ser contínuos, os projetos de cultura e esporte que tínhamos para 2020.
Cadmiel Mascarenhas: ninguém está nas filas porque quer, é por necessidade. Todos os esforços precisam ser contínuos, os projetos de cultura e esporte que tínhamos para 2020.

No uso da tribuna, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (04/05/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (DEM) pediu pela instalação de toldos e banheiros químicos nas agências bancárias e lotéricas, a fim de oferecer melhores “condições humanas” para as pessoas em situação de vulnerabilidade social que buscam sacar o dinheiro do auxílio emergencial.

O parlamentar afirmou que as agências da Caixa Econômica Federal estão sobrecarregadas pela intensa busca da população, o que ocasiona na aglomeração de pessoas que necessitam do auxílio para arcar com as despesas mensais. Na oportunidade, ele destacou a necessidade de dirigir os investimentos para as demandas socioeconômicas do município, começando pela instalação de toldos e banheiros químicos na frente de cada agência bancária, para organizar e oferecer melhores condições aos beneficiários.

“Ninguém está nas filas porque quer, é por necessidade. Todos os esforços precisam ser contínuos, os projetos de cultura e esporte que tínhamos para 2020, têm que ser deixados de mão agora, eles devem ser transformados em um projeto de renda para toda a população, porque já está ficando gritante a questão da economia e da subsistência das famílias em todo o Brasil. Precisamos entender que se não tivermos sensibilidade, força, ideias e projetos para atender a população, estaremos fadados também a morrer também pelo processo econômico”, discursou.

Ainda na tribuna, Cadmiel Pereira pediu que as pessoas se sensibilizem com os idosos e “parem de responsabilizá-los” pela adoção do distanciamento social. “Precisamos dar atenção à pessoa idosa. Eles estão muito tristes porque se sentem culpados pela situação”, findou.

Cadmiel trata de doações, motoristas de transporte escolar e calendário escolar 2020

O edil Cadmiel Pereira (DEM) informou que o Instituto Família Azul está recebendo doação de alimentos que serão levados às famílias carentes; tratou das dificuldades enfrentadas pelos motoristas de transporte escolar e pediu atenção para os ajustes que devem ser realizados no calendário escolar 2020.

“O Instituto Família Azul está realizando o Dia D de arrecadação. Está recebendo alimentos, que serão doados às famílias que têm pessoas com deficiência, principalmente membro autista. Muitas famílias estão passando por dificuldades, muitos pais e mães são autônomos e nesse momento estão sem trabalho. Os autistas usam medicamentos, fazem terapias e outros tratamentos e precisam de assistência neste momento”, pontuou Cadmiel Pereira.

E continuou. “Estarei ajudando também e pedindo ajuda aos amigos. O Instituto estará aberto para receber as doações e trabalhará atendendo às famílias que estão em maior vulnerabilidade. Ajudem as crianças com necessidades especiais, ajudem aos autistas”, pediu.

Transporte escolar

Ainda no uso da tribuna, o edil agradeceu ao prefeito por ter recebido uma comissão de motoristas de transporte escolar. “Fui até o prefeito, juntamente com esta categoria e o prefeito teve a sensibilidade de nos receber e ouvir. Todos que trabalham nesta área perderam suas rendas e sabemos que as escolas serão as últimas a retornarem e eles estão em situação difícil. O prefeito encaminhou ao secretário Saulo a determinação para a  regulamentação desse tipo de transporte. Com esta regulamentação, esses trabalhadores poderão ter acesso a financiamentos e outros meios, além de estarem  em situação mais favorável que os motoristas irregulares. Estamos juntos nesta luta”, garantiu.

Educação

Para finalizar, Cadmiel entende que quando terminar esta pandemia será preciso uma avaliação em relação ao calendário escolar 2020. “Precisaremos retomar as questões educacionais, avaliando e entendendo como será possível não haver prejuízo aos alunos. Precisaremos de um diálogo alinhado para não prejudicar as crianças e o ano letivo, levando em conta que não tem como não haver prejuízo, mas que este seja o menor possível’, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113896 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]