Operação Placebo: Aliada do presidente Jair Bolsonaro, deputada Carla Zambelli disse que governadores seriam investigados pela PF

Deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).
Deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).
Deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).
Deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).

A Operação Placebo, deflagração nesta terça-feira (25/05/2020) pela Polícia Federal a fim de investigar supostos esquema de corrupção de recursos destinados ao combate da pandemia do novo coronavírus, com foco em endereços do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, trouxe à tona uma das principais aliadas do presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). Ontem, em entrevista à Rádio Gaúcha, ela disse que a Polícia Federal iria deflagrar operações para investigar irregularidades cometidas por governadores durante a pandemia.

Ao programa Timeline da Rádio Gaúcha, a deputada destacou que há governadores sendo investigados pela Polícia Federal e que nos próximos meses haveria uma espécie de operação “covidão”, referindo-se a supostos desvios de recursos públicos em ações emergenciais no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

“A gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam ali na agulha para sair, mas não saíam”, alegou a parlamentar. “E a gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar, talvez, de ‘covidão’, ou não sei qual vai ser o nome que eles vão dar, mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal.

A operação da PF é deflagrada quatro dias após a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril. Nele, o presidente Bolsonaro tece palavras de baixo calão contra governadores que considera seus desafetos, dentre os quais o do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

A entrevista da deputada à Rádio Gaúcha já está sendo apontada pela oposição como prova de que o governo Jair Bolsonaro está interferindo na Polícia Federal, como denunciou o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro. Em entrevista ao Congresso em Foco, Carla Zambelli argumentou que a sua fala sobre uma futura operação da Polícia Federal foi dita no sentido de acreditar que isso deveria acontecer um dia porque tem muito dinheiro envolvido no combate à covid-19 “Eu tenho uma crença de que vários governadores e prefeitos são corruptos. É uma questão de crença, não é uma questão de informação privilegiada”, disse ela.

*Com informações de Elizabeth Lopes e Nicholas Shores, do Broadcast do Estadão.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120515 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.