Memorial da Feira de Santana apresenta a história de Georgina Erismann

Georgina Erismann faz parte da memória coletiva de Feira de Santana, como autora do Hino da Cidade.

Georgina Erismann faz parte da memória coletiva de Feira de Santana, como autora do Hino da Cidade.

O nome de Georgina Erismann faz parte da memória coletiva de Feira de Santana. Ela é identificada por qualquer pessoa que tem o mínimo de interesse pela história da cidade como a autora do belo Hino à Feira, sempre executado com muito orgulho pelos feirenses em todas as solenidades cívicas e oficiais.  Mas o que pouquíssima gente sabe é que Georgina Erismann também foi autora de outras músicas que ficaram conhecidas em todo o território nacional nas vozes de Jorge Fernandes (1907-1989), que fez muito sucesso na década de 1930 cantando músicas folclóricas e regionais, e Inezita Barroso (1925-2015), a consagrada atriz, folclorista, cantora de músicas regionais e apresentadora do tradicional programa Viola Minha Viola, da TV Cultura de São Paulo.

Mulher avançada para o seu tempo, Georgina Erismann foi pianista, compositora, poetisa e declamadora, tendo sido responsável por concorridos saraus lítero-musicais em Feira de Santana na década de 1920, e representado a Bahia, em 1936, na Feira Artística, Industrial e Comercial da cidade de Campinas, São Paulo, em homenagem ao centenário de nascimento do maestro Carlos Gomes, por indicação do então governador Juraci Magalhães.

A vida de Georgina Erismann é contada, de forma breve, em mais um vídeo exibido pelo Memorial da Feira, portal mantido na internet pela Prefeitura, através da Secretaria de Comunicação Social. O vídeo está na seção Personalidades da Feira. O portal pode ser visto na internet, no endereço memorialdafeira.ba.gov.br.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]