Inquérito do STF encontrou “ameaças reais” a ministros, diz Dias Toffoli presidente da Corte de Justiça

Ministro Dias Toffoli, presidente do STF, revela que inquérito das Fake News identificou criminosos que atavam membros do Poder Judiciário.Ministro Dias Toffoli, presidente do STF, revela que inquérito das Fake News identificou criminosos que atavam membros do Poder Judiciário.
Ministro Dias Toffoli, presidente do STF, revela que inquérito das Fake News identificou criminosos que atavam membros do Poder Judiciário.

Ministro Dias Toffoli, presidente do STF, revela que inquérito das Fake News identificou criminosos que atavam membros do Poder Judiciário.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, disse nesta sexta-feira (22/05/2020) que o inquérito aberto por ele no ano passado para apurar ataques a ministros da Corte encontrou “ameaças reais”, sem dar mais detalhes.

O ministro deu a declaração ao ser questionado durante live com empresários do grupo Lide sobre duas pessoas que foram presas na quinta-fira (21) em Brasília sob a suspeita de enviar e-mail com ameaças de morte a juízes e promotores do Distrito Federal.

Toffoli classificou as ameaças investigadas no Distrito Federal como uma “ação criminosa”, e em seguida passou a defender o inquérito do Supremo, que é alvo de críticas por ter sido aberto sem a participação do Ministério Público Federal (MPF) e com relatoria entregue sem sorteio ao ministro Alexandre de Moraes.

“Só o feito de ter aberto o inquérito já fez reduzir ameaças inúmeras. Ali se descobriu, inclusive na deep web, ameças reais, ameaças reais”, disse Toffoli.

Sem citar manifestações específicas contra o Supremo, Toffoli disse ainda ser normal as disputas numa democracia, mas que “não se pode é atacar nem querer fechar as instituições”.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]