Governo da Bahia presta apoio logístico para a repatriação de 96 argentinos

Equipes da SESAB prestam apoia à repatriação de argentinos.
Equipes da SESAB prestam apoia à repatriação de argentinos.
Equipes da SESAB prestam apoia à repatriação de argentinos.
Equipes da SESAB prestam apoia à repatriação de argentinos.

Noventa e seis argentinos que estavam sem conseguir voltar para casa, por causa da pandemia do novo coronavírus, estão embarcando nesta terça-feira (12/05/2020) para Buenos Aires, na Argentina. Eles estavam em cidades como Salvador, Porto Seguro e Itacaré, e também na localidade de Morro de São Paulo, que pertence ao município de Cairu. Os que estavam no interior não conseguiam chegar até a capital, devido às barreiras sanitárias. Por meio da Secretaria do Turismo (Setur), o Governo do Estado prestou apoio logístico para o traslado deles até Salvador, e, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), ofereceu a avaliação exigida pelo Ministério da Saúde da Argentina, que inclui medição de temperatura e de oxigenação do sangue, além de verificação de sintomas da Covid-19, como tosse e coriza, sem necessidade da realização da testagem para a doença. Também integram o grupo argentinos que estavam em outros estados, como Pernambuco, Ceará e Alagoas.

A Setur fez a interlocução com prefeituras de localidades do interior, para facilitar o deslocamento dos argentinos até Salvador, liberando o translado pelas barreiras de controle. “Desde o início da pandemia, estamos realizando todos os esforços para repatriar os turistas, oferecendo apoio para facilitar o retorno deles a seus países de origem”, afirmou o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco. A Argentina é o maior emissor de turistas estrangeiros para a Bahia. Somente em fevereiro, os argentinos corresponderam a 16% do total de visitantes do exterior na capital baiana, segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Turismo do Estado.

Volta para casa

O carpinteiro German Keilis, a mulher Natália Neme e as duas filhas, com oito e dez anos, moram na Patagônia, sul da Argentina, e estavam há 75 dias em Salvador. “Eu sou argentino, morei aqui durante oito anos, na década de 70, e minha família tinha vontade de conhecer Salvador. Viemos passar as férias e fomos pegos de surpresa pela pandemia e pelo fechamento dos aeroportos”, afirmou German. Segundo ele, a situação estava ficando bem difícil para a família. “O dinheiro foi acabando, nós optamos por sair do hotel e alugar uma casa pequena, para reduzir os custos”. A mulher, Natália, destacou que os baianos foram muito amáveis. “Tivemos muita compreensão, também recebemos apoio do Consulado. Agora estamos a um passo de chegar em casa”.

O cônsul da Argentina, Pablo Virasoto, agradeceu o apoio do governo baiano. “Em outros estados, o governo argentino teve que pagar pela avaliação de saúde dos turistas, mesmo sem a necessidade da testagem para a Covid-19. Já o Governo da Bahia ofereceu essa avaliação de sintomas. E o papel do Estado foi fundamental não somente com essa equipe médica que está nos apoiando com o controle dos passageiros, que é exigido pelo governo argentino para entrar no país, mas também com a logística para trazê-las para Salvador, com ônibus especiais e lanchas, em alguns casos, o que permitiu o embarque de hoje para a Argentina”.

Equipes da SESAB atuam no Aeroporto Internacional de Salvador.
Equipes da SESAB atuam no Aeroporto Internacional de Salvador.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108139 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]grandebahia.com.br.