Governo Bolsonaro exonera número 2 de Regina Duarte na Secretaria da Cultura

Walter Braga Netto, ministro da Casa Civil do Governo Bolsonaro.

Walter Braga Netto, ministro da Casa Civil do Governo Bolsonaro, assina demissão do braço direito da atriz de Regina Duarte na secretaria, Pedro José Vilar Godoy Horta foi um dos primeiros nomeados quando ela assumiu a chefia do órgão.

O Governo Bolsonaro exonerou o secretário especial adjunto Pedro José Vilar Godoy Horta. A medida foi publicada nesta sexta-feira (15/05/2020) em edição extra do Diário Oficial da União. Ele era o braço direito de Regina Duarte na Secretaria Especial da Cultura.

A demissão foi assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto. Não foi indicado nenhum substituto para o posto.

Horta foi um dos primeiros nomeados pela atriz depois de ela assumir o comando da secretaria, em março, tendo sido primeiramente nomeado chefe de gabinete dela. No fim de abril, ele assumiu o cargo de secretário especial adjunto.

Ele era responsável, entre outras coisas, pela coordenação das reuniões de trabalho da atriz na secretaria.

A exoneração ocorre em meio a críticas da classe artística à gestão de Regina Duarte como secretária de cultura. Na quinta-feira da semana passada, em entrevista à CNN, Regina minimizou as mortes do período da ditadura militar e também as mortes pela covid-19.

As declarações da secretária foram alvo de repúdio do meio cultural. Mais de 500 personalidades assinaram um manifesto criticando as falas da atriz.

*Com informações do DW.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).