Governador Rui Costa conversa com imprensa do norte da Bahia sobre estrutura montada para enfrentamento do novo coronavírus

Rui Costa: quem precisar de atendimento mais complexo deve ser encaminhado para os hospitais regionais, que possuem leitos de UTI já disponíveis e outros em fase de implantação.
Rui Costa: quem precisar de atendimento mais complexo deve ser encaminhado para os hospitais regionais, que possuem leitos de UTI já disponíveis e outros em fase de implantação.
Rui Costa: quem precisar de atendimento mais complexo deve ser encaminhado para os hospitais regionais, que possuem leitos de UTI já disponíveis e outros em fase de implantação.
Rui Costa: quem precisar de atendimento mais complexo deve ser encaminhado para os hospitais regionais, que possuem leitos de UTI já disponíveis e outros em fase de implantação.

Em transmissão pelas redes sociais, nesta terça-feira (12/05/2020), o governador Rui Costa conversou com profissionais da imprensa do norte da Bahia e falou sobre as estratégias de enfrentamento do novo coronavírus desenvolvidas no Estado. “Pelo grande tamanho da Bahia, desde o início da pandemia no Brasil, nós formulamos meios para conter o avanço do vírus de forma regional, como a suspensão do transporte intermunicipal nas cidades com casos confirmados parar evitar um aumento nas taxas de transmissão”.

Rui disse que está conversando com os prefeitos e pedindo que proporcionem nas cidades pelo menos uma unidade de acolhimento de pessoas com casos suspeitos. “Quem precisar de atendimento mais complexo deve ser encaminhado para os hospitais regionais, que possuem leitos de UTI já disponíveis e outros em fase de implantação”, explicou.

Para atendimento na região, o Hospital Regional de Juazeiro conta com 39 leitos em funcionamento. Em Paulo Afonso, no Hospital Nair Alves de Souza, 30 leitos de referência para o coronavírus estão sendo implantados, entre clínicos e UTIs, adultos.

Durante a entrevista, o governador sugeriu que as pessoas busquem orientações e informações nas plataformas do Tele Coronavírus pelo telefone 155 e Monitora Covid na loja de aplicativos da Google Play Store, ferramentas de gestão do Estado para monitora e dar maior velocidade e precisão no atendimento dos casos da doença. “É importante ficar em casa, mas quem precisar muito sair, saia de máscara e use o aplicativo Monitora Covid, no seu celular, ou ligue para o número 155 para tirar dúvida porque o médico vai lhe atender”.

Estrutura

Em toda a Bahia, a estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus conta com 1.428 leitos na capital e 1257 leitos no interior. Para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus, 285 leitos estão sendo instalados e 70 Unidades Pronto Atendimento (UPAs) irão realizar a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de maior complexidade.

Atualmente, o Governo da Bahia possui em estoque 879 mil luvas, mais de 922 mil máscaras cirúrgicas e 300 mil unidades da máscara N95. Além disso, o Governo do Estado adquiriu 32 milhões de luvas, nove milhões de máscaras cirúrgicas e um milhão de máscaras do tipo N95, o que são suficientes para atender a demanda por até seis meses.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108297 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]