FUNTITEC de Feira de Santana emite nota de pesar pelo falecimento de Caboquinho

Caboquinho tinha 74 anos, usava o seu talento na música e tinha formação em Direito. Já exerceu a função de advogado.

Caboquinho tinha 74 anos, usava o seu talento na música e tinha formação em Direito. Já exerceu a função de advogado.

A Fundação Cultural Egberto Tavares Costa (Funtitec) lamenta a morte de Caboquinho, considerado o maior repentista da Bahia e um grande representante da cultura feirense.

José Crispim Ramos (seu nome de batismo) tinha 74 anos, usava o seu talento na música e tinha formação em Direito. Já exerceu a função de advogado. Caboquinho também foi organizador do Festival de Violeiros do Nordeste, realizado em Feira de Santana.

Caboquinho foi o fundador e presidente da Associação dos Violeiros, Trovadores e Repentistas da Bahia. Suas obras e contribuições para o desenvolvimento e expansão da cultura Repentista na região não será esquecida.

Neste momento de dor, a Funtitec se solidariza com a família, amigos e admiradores de José Crispim Ramos, o eterno Caboquinho.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]