Ferramenta digital vai permitir troca de experiência entre agricultores familiares e pesquisadores

Ferramenta no formato de Podcast orienta agricultores familiares.
Ferramenta no formato de Podcast orienta agricultores familiares.
Ferramenta no formato de Podcast orienta agricultores familiares.
Ferramenta no formato de Podcast orienta agricultores familiares.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Coordenação Executiva de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex), lança, nesta quarta-feira (27/05/2020), o SDR Pergunta, uma ferramenta no formato de Podcast, material entregue na forma de áudio, que ficará disponível no canal SDRBahia no Youtube.

Todas quartas-feiras, será disponibilizado um conteúdo novo, para o público em geral acessar a qualquer momento. Diversos assuntos técnicos de interesse da agricultura familiar, a exemplo de compostagem, comercialização e plantas medicinais, apresentados por pesquisadores e experimentadores da Bahia.

O coordenador da Cepex, José Tosato, explica que o SDR Pergunta foi criado para trocar conhecimentos sobre temas técnicos produzidos, tanto na academia, quanto na roça: “São assuntos pouco conhecidos para a maioria das pessoas, além de várias dicas que possam estimular uma boa prosa entre comunidades, professores, lideranças e extensionistas. Tem, também, como objetivo, aproximar agricultores familiares da educação profissional, institutos e universidades, de maneira que se possa divulgar e produzir conhecimentos a partir das necessidades apontadas pelos próprios agricultores”.

Nessa primeira edição, José Moacir, colaborador do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), e coordenador do Projeto de Recaatingamento, responde à pergunta ‘Por que é urgente recaatingar?’. Ele ressalta que a Caatinga é um bioma único, e que não há em nenhum lugar no mundo, com o mesmo clima, solo, vegetação, animais e microrganismos.

“É muito importante conhecer, estudar e preservar essa região, localizada no Semiárido brasileiro, principalmente nesta época de mudanças climáticas e aquecimento global. Estudar como as plantas e animais vivem, e vivem muito bem, mesmo em períodos de seca, vai nos ajudar a desenvolver o cultivo de plantas e a criação de animais, para que tenhamos uma pecuária e uma agricultura muito mais sustentáveis”.

José Moacir explica ainda que a Caatinga é habitada pelo maior número de agricultores familiares e povos e comunidades tradicionais: “Essas famílias vivem, principalmente, da Caatinga em pé, de onde tiram o seu sustento, com a coleta de folhas, frutos, fibras, plantas medicinais e utilizam o pasto para a criação de cabras. Por isso, essas comunidades já têm a tradição da preservação da Caatinga, evitando, ao máximo, queimadas e o desmatamento”.

Projeto de Recaatingamento

O projeto de Recaatingamento é executado pelo Irpaa, com recursos da ordem de R$ 1 milhão do Governo do Estado, por meio do Projeto Pró-Semiárido, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), com cofinanciamento do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida). No âmbito do projeto é desenvolvido um conjunto de ações como a delimitação de áreas de matas ciliares, de rios que correm em partes do ano, a criação de pequenos ecossistemas e a utilização de plantas forrageiras da própria Caatinga, entre outras iniciativas.

O Reecatingamento é um método de recuperação da Caatinga associado a comunidades de fundo e fecho de pasto, entre outros mecanismos que vêm sendo discutidos pela sociedade civil, instituições de ensino e pesquisa e movimentos ou organizações sociais como o Irpaa.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112630 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]