Feira de Santana: Vereadores reclamam de falta de reuniões com o Prefeito

José Menezes (Zé Filé): é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito.
José Menezes (Zé Filé): é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito.
José Menezes (Zé Filé): é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito.
José Menezes (Zé Filé): é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito.

O vereador José Menezes Santa Rosa (Zé Filé, PSD) – utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (20/05/2020), para relatar as “dificuldades em falar com o prefeito” e cobrar a marcação de reuniões para despachar suas indicações.

Zé Filé explicou que os vereadores são “agentes do povo” e, por esta razão, estão “mais próximos das pessoas”, escutando as suas demandas e reivindicações. Entretanto, o parlamentar afirmou que, nas últimas semanas, os edis encontraram “dificuldades” para marcar reuniões e despachar suas indicações. E lamentou: “é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito”.

Zé Filé ainda mencionou o decreto para o fechamento do comércio – publicado na segunda (18) – e sugeriu que os vereadores sejam consultados durante a tomada de decisões da Prefeitura. “O prefeito tomou a decisão de fechar o comércio da cidade  e não teve o cuidado de chamar os vereadores para pedir a opinião. Os vereadores não foram consultados, são 21 parlamentares que deveriam externar uma ideia.”, queixou.

Isaías dos Santos questiona líder do governista

 20/05/2020 às 14:18:41 Autor: ASCOM Versão para Impressão

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Isaías dos Santos (MDB) teceu críticas ao trabalho do colega Marcos Lima (DEM) como líder do governo na Casa.

“Estamos cansados de sermos escanteados por Vossa Excelência, que representa a liderança do governo na Casa. Temos um bom tempo que não temos uma audiência com o prefeito”, reclamou Isaías dos Santos.

Para o edil, Lima não exerce a função de líder do governo de forma satisfatória.  “Ontem, todos comentaram sobre a entrega de máquinas que aconteceu e os vereadores não foram informados. Não sei quem está dificultando o diálogo entre o prefeito e os vereadores. O comércio vai fechar a partir de amanhã, desta Casa, líder do governo Marcos Lima, quem foi convidado para estar lá nesta decisão para Feira de Santana?”, questionou.

Em aparte, os edis Cadmiel Pereira (DEM) e Ronaldo Caribé – Ron do Povo (MDB) confirmaram a dificuldade dos vereadores despacharem com prefeito Colbert Martins e destacaram a importância do Poder Legislativo e dos vereadores para boa administração de um município.

Também em aparte, Marcos Lima respondeu a Isaías dos Santos: “Compreendo a reação dos vereadores. A Casa Legislativa merece e exige respeito, mas Vossa Excelência está tentando usar minha liderança para atingir o prefeito. Direcione ao prefeito, que é do mesmo partido do senhor, porque não lhe atendeu e não está atendendo aos vereadores. Mando a lista dos vereadores toda semana, se o prefeito não pode atender, aí já não cabe mais a liderança do governo”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110933 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]