Feira de Santana: Vereadora afirma que Enem 2020 pode reforçar a desigualdade

Eremita Araújo refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados.
Eremita Araújo refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados.
Eremita Araújo refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados.
Eremita Araújo refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados.

Em pronunciamento, na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (13/05/2020), a vereadora Eremita Mota (PSDB) refletiu sobre a data de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e concluiu que os estudantes da rede pública podem ser prejudicados.

A parlamentar lembrou que o Ministério da Educação decidiu manter o calendário do exame, que terá as provas impressas aplicadas em 1º e 8 de novembro e as provas digitais em 22 e 29 do mesmo mês. Segundo Eremita, esta decisão pode aumentar a desigualdade entre os alunos da rede pública e particular, visto que, os jovens em vulnerabilidade social não possuem a estrutura adequada para estudar em casa e, consequentemente, não têm condições de se preparar para a seleção.

Quanto ao cenário oposto, a vereadora afirmou que os alunos das escolas particulares tiveram as aulas presenciais paralisadas com as medidas de distanciamento social e prevenção à Covid-19, entretanto, mantiveram os estudos com aulas à distância, realizadas em ambientes digitais. Neste sentido, Eremita Mota declarou ser “absurda” a realização das provas e, como membro da Comissão de Educação da Casa, solicitou que as datas fossem revistas.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107977 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]