Feira de Santana: Vereador defende diálogo para resolver a questão do transporte coletivo nos distritos e questiona cobranças na folha de pagamento dos servidores

Luiz Augusto (Lulinha): temos o poder de cobrar, fiscalizar, reivindicar, de ouvir a comunidade, levar para discutir com o prefeito,
Luiz Augusto (Lulinha): temos o poder de cobrar, fiscalizar, reivindicar, de ouvir a comunidade, levar para discutir com o prefeito,

Em pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (06/05/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) tratou sobre a retirada dos ônibus do Sistema Integrado de Transporte que atendem aos distritos de Feira de Santana.

Lulinha solidarizou-se com os moradores da zona rural que protestaram, hoje, contra a decisão das empresas de transporte coletivo que atuam na cidade de tirar de circulação as linhas distritais.

 Ele defendeu que o prefeito Colbert Martins, o secretário Municipal de Transporte e Trânsito, Saulo Figueiredo, representantes das empresas e representantes dos distritos reúnam-se para discutir sobre o assunto. “Precisa resolver de uma maneira que não prejudique a população da zona rural. Precisa saber porquê tirou, saber se vai ter vans suficientes para atender a população. Tudo precisa ser discutido”, pontuou.

“O vereador as vezes é condenado, como se pudesse determinar alguns segmentos, mas não temos este poder. Temos o poder de cobrar, fiscalizar, reivindicar, de ouvir a comunidade, levar para discutir com o prefeito, com os secretários e de realizar audiências. Como fizemos audiência pública na Matinha para discutir sobre segurança pública e transporte”, explicou

Luiz Augusto questiona cobrança de passagens nos cartões dos usuários de transportes coletivos

O vereador Luiz Augusto manifestou na tribuna da Câmara Municipal para falar a respeito dos descontos de valores referentes ao transporte público efetuados nas folhas de pagamento de servidores da Prefeitura Municipal.

Isso porque os descontos nos cartões dos usuários de transporte coletivo da zona rural de Feira de Santana foram feitos, porém os ônibus não estão circulando desde a segunda-feira (4). Diante desta situação, os usuários não dispõem nem do dinheiro nem do transporte público.

“O senhor prefeito deve tomar uma decisão e espero que as empresas de ônibus e o Sindicato interfiram e não prejudiquem os servidores que são moradores da comunidade da zona rural, que ontem, por exemplo, não puderam voltar aos distritos porque não tinham ônibus rodando. Mas os descontos nos seus cartões ou folhas de pagamento foram feitos. Espero que o vereador Alberto Nery, que é presidente do Sindicato dos Rodoviários, possa ter sensibilidade e atender a demanda dessa população”, disse Lulinha.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108859 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]