Comércio global deve recuar mais de 25% no 2° trimestre de 2020, diz agência da ONU

Crise econômica do Grande Confinamento provoca regressão dos PIBs dos países.
Crise econômica do Grande Confinamento provoca regressão dos PIBs dos países.

Um relatório conjunto de 36 agências internacionais indica que o comércio global sofreu uma queda de 3% por causa do novo coronavírus.

Em comunicado, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, afirma que a tendência de declínio, registrada de janeiro a março, deverá se acentuar, nos próximos meses, chegando a uma redução de até 27% de trimestre para trimestre. Resultado

O relatório da Comissão para Coordenação de Atividades Estatísticas é resultado da colaboração de organizações e sistemas internacionais e nacionais de estatísticas, coordenados pela Unctad.

O chefe da Unctad, Mukhisa Kituyi, disse que os governos estão pressionados para tomar decisões para a recuperação da pandemia.

Mas segundo ele, essas decisões têm de se basear em dados. Ele lembrou que a agência tem desempenhando um papel central na compilação de estatísticas e informações relevantes à resposta ao covid-19.

Petróleo

A queda no preço do barril de petróleo levou a uma redução de mais de 20% do preço das commodities, em março. Mas segundo a Unctad, a tendência de declínio está ocorrendo desde dezembro.

O Índice de Preço da Unctad para Commodities de Livre Mercado, Fmcpi, mede o movimento das commodities básicas exportadas pelos países em desenvolvimento.

O preço dos combustíveis, que desceu 33,2% em março, puxou a queda. Minerais, metais e materiais de agricultura e alimentos tiveram redução de menos de 4%.

Crise de 2008

Esta é a maior queda no valor das commodities desde a crise financeira global de 2008.

Naquela época, a tendência de declínio durou seis meses. Analistas da Unctad dizem que desta vez, a situação do comércio global permanece incerta.

Antes da covid-19, o volume do mercado internacional demonstrava sinais modestos de recuperação desde o fim de 2019.

A agência da ONU disse que a situação está mudando rapidamente e que continuará monitorando a evolução do comércio global.

*Com informações da ONU News.

Crise econômica do Grande Confinamento provoca regressão dos PIBs dos países.
Crise econômica do Grande Confinamento provoca regressão dos PIBs dos países.
Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).