Comerciantes desrespeitam prevenção e têm os estabelecimentos fechados em Feira de Santana

Força-tarefa fiscalização cumprimentos dos decretos estadual e municipal que determinaram fechamento de estabelecimentos.Força-tarefa fiscalização cumprimentos dos decretos estadual e municipal que determinaram fechamento de estabelecimentos.
Força-tarefa fiscalização cumprimentos dos decretos estadual e municipal que determinaram fechamento de estabelecimentos.

Força-tarefa fiscalização cumprimentos dos decretos estadual e municipal que determinaram fechamento de estabelecimentos.

Entre tantas ocorrências registradas pela Força Tarefa que está fiscalizando o fechamento do comércio, uma delas chamou a atenção: 38 estabelecimentos autorizados para funcionar foram interditados porque não estavam respeitando as normas de prevenção contra o coronavírus, conforme estabelece a Prefeitura de Feira de Santana.

“Lamentavelmente, os donos dessas casas comerciais ainda não se conscientizaram dos cuidados com a saúde deles mesmos, dos funcionários e clientes. Não vamos tolerar desrespeitos como esses”, afirmou o prefeito Colbert Martins Filho ao saber das interdições.

Em apenas cinco dias de fiscalização, a Força Tarefa já interditou quase uma centena de casas comerciais, a maioria delas bares e restaurantes em bairros. Foram fechadas também lojas de calçados e confecções, de produtos para festas e uma galeria com estabelecimentos de vários segmentos, além da famosa Feiraguay.

O fechamento do comércio foi determinado desde quinta-feira da semana passada pelo Governo Municipal, excetuando-se os serviços essenciais. A Força Tarefa é composta por várias secretarias municipais e conta com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]