Coluna de Antônio José Larangeira de 15 de maio de 2020

Aplicativo contra o Covid-19

O aplicativo Fala Feira, mantido pela Prefeitura de Feira de Santana, já recebeu, neste período de pandemia, 758 denúncias de funcionamento inadequado de bares e outros estabelecimentos que, por decreto municipal, estão proibidos de abrir suas portas. De acordo com a prefeitura, geralmente as denúncias estão relacionadas à aglomeração de pessoas, que pode colocar em perigo a segurança individual, potencializando a possibilidade de transmissão da Covid-19, entre elas, que não obedecem as orientações do distanciamento seguro.Ainda segundo a prefeitura, mais de 30% das denúncias foram confirmadas pela fiscalização, que notificou os estabelecimentos.  Apesar dos números expressivos, muita gente reclama que o 156 não funciona: não é atendido ou não vê a fiscalização apurando a denúncia recebida. A coordenadora do telefone 156, Mariluce Araújo, explica que denúncias são enviadas às secretarias correspondentes, que tomam as providências previstas na legislação.  A Seprev (Secretaria de Prevenção à Violência) está atenta às denúncias, feitas por cidadãos preocupados em manter baixos os índices de novas contaminações, e busca agilizar a sua verificação.

Isolamento bucólico

A socialite e empresária Ozana Barreto tem aproveitado a oportunidade, imposta pela pandemia do Covid-19, para ler e cultuar o seu prazer de conversar com as plantas daquelas paragens, mais precisamente as orquídeas que ela tanto adora. De vez em quando, dá um post opinativo em seu espaço do Facebook.

Educação

 Novecentos e oitenta e dois professores de redes municipais de ensino, de todas as regiões de Santa Catarina, iniciaram ontem o curso de formação continuada “Fundamentos dos Direitos Humanos na Educação Básica” como auxílio para a educação municipal pública catarinense no contexto da pandemia de Covid-19. O curso é oferecido, via ambiente virtual de aprendizagem, pelo Projeto de Extensão Educação em Direitos Humanos da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), por meio da Escola de Ciências Jurídicas e Sociais, através de parceria com o Colegiado de Educação da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). Uma professora feirense que me pediu para não citar o nome, ligou para mim hoje entusiasmada com o evento.

 Em domicilio

Também em isolamento domiciliar o Juiz de Direito Nunesvaldo Santos que ao lado de sua esposa Inês, além dos filhos curtem momentos de papo amigo degustando uma deliciosa cervejota.

Em isolamento social campestre Ozana Barreto.

Em isolamento social campestre Ozana Barreto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]