Vereador lembra que pediu cancelamento do Carnaval e Micareta 2020 de Feira de Santana e destaca importância da oração para enfrentar pandemia de Covid-19

Edvaldo Lima: eu pedi o cancelamento do Carnaval e o governador nada disse.
Edvaldo Lima: eu pedi o cancelamento do Carnaval e o governador nada disse.
Edvaldo Lima: eu pedi o cancelamento do Carnaval e o governador nada disse.
Edvaldo Lima: eu pedi o cancelamento do Carnaval e o governador nada disse.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (13/04/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Edvaldo Lima (MDB) repercutiu seu pedido de cancelamento do Carnaval e Micareta por conta da proliferação do coronavírus e parabenizou a postura do Presidente da República diante da pandemia.

“Este vereador destinou mais de R$ 1.500.000,00 em emendas para o combate ao Covid-19. São emendas deste vereador e o deputado Alex Santana e retorno aqui para fazer um esclarecimento: o ministro da Saúde falou aos governadores no dia 03 de fevereiro sobre este vírus. Na mesma época, eu pedi o cancelamento do Carnaval e o governador nada disse. Aqui nesta Casa os colegas também não me ouviram e agora estamos todos aquartelados em casa”, pontuou Edvaldo.

Em aparte, o edil Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), reconheceu que criticou o colega à época e se desculpou. “Sou testemunha. Vossa Excelência foi ao MP, foi criticado nesta Casa, inclusive por mim, e hoje temos que reconhecer. Parabéns por ter pensado além de nós”, disse.

De volta com a palavra, Edvaldo Lima parabenizou a atitude do colega. “Parabéns. Reconhecer o erro é uma coisa ímpar. Muitos aqui me criticaram, mas Deus tinha me dado a visão”, disse.

Também em aparte, Isaías de Diogo (MDB) disse que a Casa não criticou Edvaldo e quem assim fez já se desculpou. “Porém, a Casa lhe parabenizou, acreditou que deveria ter suspendido o Carnaval. Não usamos a tribuna para lhe criticar, mas alguns têm esse comportamento de criticar. O vereador Isaías lhe apoiou e cedeu tempo na tribuna para Vossa Excelência tratar do assunto”, afirmou.

Novamente com o uso da palavra, Edvaldo lembrou que outros vereadores o criticaram e não tiveram a coragem de usar a tribuna e dizer que o prefeito cancelou a Micareta por um pedido seu. “Ele reuniu os técnicos e observou que era prudente cancelar a festa. Colbert foi o primeiro a cancelar a realização de grande festa”, observou.

Para finalizar, Edvaldo elogiou a postura do presidente da República, Jair Bolsonaro, diante da pandemia do coronavírus. “Quero parabenizar o presidente. Muitos prefeitos e governadores se levantaram contra ele, mas ele está certo. A economia não pode parar, temos que enfrentar o vírus e trabalhar. Não quiseram fazer assim e agora teremos que pagar a conta da economia parada depois. Eu fui ao prefeito pedir a abertura das igrejas, porque igreja é hospital. Pedi também a abertura de alguns segmentos do comércio e espero que o prefeito avalie meu pedido”, findou.

Edvaldo Lima destaca importância da oração para enfrentar a pandemia

O vereador Edvaldo Lima (MDB) iniciou seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, enfatizando a importância da oração e da fé em Deus para enfrentar a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

“O remédio da oração para que Deus possa nos proteger desta enfermidade maléfica que assola todos os continentes, especialmente o Brasil e a nossa Feira de Santana. Peço que suas bençãos de saúde possam descer sobre esta nação, que suas bençãos de saúde possam descer sobre a cidade de Feira de Santana”, clamou.

O edil finalizou lembrando que protocolou no dia 12 de fevereiro, no Ministério Público, uma ação solicitando a suspensão do Carnaval 2020, em Salvador, para evitar a propagação do vírus na Bahia.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108006 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]