Segunda etapa da edição 2020 da campanha nacional de vacinação contra a gripe inicia pela Prefeitura de Feira de Santana

Prefeitura de Feira de Santana lança 2º etapa da campanha de vacinação.
Prefeitura de Feira de Santana lança 2º etapa da campanha de vacinação.
Prefeitura de Feira de Santana lança 2º etapa da campanha de vacinação.
Prefeitura de Feira de Santana lança 2º etapa da campanha de vacinação.

A segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a influenza (gripe) inicia em Feira de Santana nesta quinta-feira (16/04/2020). A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, recebeu uma nova remessa no final da tarde desta quarta-feira, 15, e serão distribuídas na quinta pela manhã.

“As unidades de saúde encontram-se desabastecidas e serão reabastecidas amanhã pela manhã. Pedimos tranquilidade da população e que evitem aglomerações nas unidades de saúde”, orienta a coordenadora do setor de imunização Simone Neves.

Ainda de acordo com ela foram recebidas cerca de 41.500 doses da vacina.

Podem ser vacinados nesta etapa profissionais das forças de segurança e salvamento (bombeiros, policiais e entre outros) portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

O Ministério da Saúde acrescentou nesta etapa um novo público alvo: caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários. Como estratégia, a Secretaria de Saúde definiu que estas pessoas deverão se dirigir a unidade de saúde portando documento de identidade e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E.

Caso possuam mais de 60 anos e foram contemplados na primeira etapa não é necessário vacinar novamente.

Segundo informe técnico do Ministério da Saúde, motoristas de aplicativo ou táxi não serão contemplados nesta etapa devido escalonamento da entrega das vacinas pelo laboratório produtor e a indisponibilidade de quantitativo para atender a todos.

“Estamos com uma estratégia de vacinação para este novo público que é realizar a vacinação nas empresas através do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), que deve ser solicitada através de ofício com antecedência, como forma de facilitar a vacinação destas pessoas”, explica Simone Neves.

Para ter este tipo de serviço é preciso que o responsável pela empresa encaminhe um ofício com timbre da instituição, nome completo dos profissionais que serão vacinados e entregar no CEREST. Este agendamento será administrado pela equipe para que possam se deslocar e realizar a vacinação na empresa. As pessoas que não tiverem interesse no serviço podem ser vacinadas nas unidades de saúde.

Devido a suspensão das aulas nas unidades de ensino o Ministério da Saúde decidiu adiar a vacinação dos professores de escolas públicas e privadas, sendo vacinados na última etapa que acontece entre os dias 9 a 22 de maio.

As pessoas que não foram vacinadas na primeira fase também podem ser vacinadas até encerrar o período da campanha.

Contraindicação

A vacina contra influenza não possui contraindicação, porém pessoas com febre devem adiar a vacinação e pessoas com alergia a proteína do ovo, mesmo não havendo restrição, devem comunicar ao profissional de saúde.

Orientações

Indivíduos com sintomas de resfriado ou gripe devem se dirigir a unidade utilizando máscara. A Secretaria de Saúde orienta que evitem levar acompanhantes, exceto em casos necessários, como: menores de 18 anos, idosos que precisam de companhia, pessoas com dificuldade de locomoção e necessidades especiais, entre outros.

Campanha

A primeira etapa da campanha, iniciada no último dia 23 de março e encerrou-se dia 15 de abril. Pessoas acima de 60 anos de idade, trabalhadores da saúde, povos indígenas e população privada de liberdade foram contemplados nesta fase.

Cerca de 53.645 idosos foram vacinados, o que representa 108,68%. Já os profissionais de saúde foram imunizados 19.214, que significa 60,36% do público alvo.

Na segunda etapa da campanha, que começa dia 16 de abril a 8 de maio, profissionais das forças de segurança e salvamento podem ser vacinados. O Ministério da Saúde antecipou a vacinação dos funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Podem ser vacinados também nesta segunda etapa caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, que foram acrescentados como um novo público alvo.

A última etapa da campanha abrange crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas de 55 a 59 anos de idade, gestantes e mulheres em período pós parto. Segue entre os dias 9 a 22 de maio. Professores de escolas públicas e privadas serão vacinados agora na última etapa, conforme recomendações do Ministério da Saúde.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112537 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]