Paciente de coronavírus que saiu da UPA caminhando para hotel não quis esperar ambulância e expôs comunidade a risco, diz Secretaria da Saúde de Feira de Santana

SMS de Feira de Santana informa sobre infectado que expôs população.

SMS de Feira de Santana informa sobre infectado que expôs população.

O paciente de Covid 19, de 31 anos de idade, que deixou uma policlínica municipal e saiu caminhando para o hotel onde se encontra confinado não quis esperar uma ambulância retornar de Salvador, para conduzi-lo. A informação é da médica infectologista Melissa Falcão, coordenadora do Comitê Municipal de Acompanhamento e Controle das Ações Preventivas Contra o Coronavírus de Feira de Santana.

O esclarecimento está sendo feito porque o paciente, residente na cidade de Sertãozinho, em São Paulo, de passagem a trabalho por Feira de Santana, concedeu entrevistas reclamando contra o atendimento no Município.

Quanto a demora de permanência dele na Unidade de Pronto Atendimento, a médica informou que o tempo que ele passou na UPA foi necessário para  fazer os exames específicos e prescritos pela equipe médica que o acompanha.

O cidadão reclamou ainda da alimentação que recebeu na UPA. Conforme a médica, a comida foi adequada para o paciente, que, uma vez sendo assistido em qualquer  unidade hospitalar,  “não pode escolher o que comer”.

Ela informou também que o paciente,  em isolamento e sendo monitorado pela equipe médica, teve uma atitude perigosa ao não esperar pela ambulância e se dirigir  a pé da UPA da Queimadinha para o hotel. “Colocou toda a equipe em risco e também pessoas que eventualmente encontrasse no caminho”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).