O valor real dos CDBs de Marisa Letícia é de R$ 26 mil; Familiares do ex-presidente Lula são vítimas de fake news dos incultos bolsonaristas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia, na Turquia em maio de 2009.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia, na Turquia em maio de 2009.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia, na Turquia em maio de 2009.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia, na Turquia em maio de 2009.

Os advogados do inventário da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva responderam nesta quarta-feira (15/04/2020) ao pedido de esclarecimento sobre o valor de investimentos em certificados de depósito bancários (CDBs) feitos pelo juiz da 1ª Comarca de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP). Ele indagou, na semana passada, o valor dos CDBs, mas confundiu o valor unitário de cada certificado com o valor de debêntures de outra natureza. Na confusão, especulou-se que ela teria aplicações milionárias no banco, o que é uma inverdade. O valor dos CDBs era de R$ 26 mil.

Assim responderam os advogados do espólio de Dona Marisa: “Não existe qualquer tipo de relação entre os documentos constantes às fls. 394/427 e 428/468 (escrituras de emissão de debêntures) com os CDBs (Certificados de Depósitos Bancários) de titularidade da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, tampouco existe relação entre tais CDBs e o valor nominal de R$ 100”.

Ainda de acordo com os advogados: “Em razão da aplicação automática de valores que estavam disponíveis na conta-corrente que pertencia à dona Marisa e que já haviam sido trazidos a estes autos, foi identificada a existência de CDBs em nome da falecida, os quais, segundo extrato atualizado do Banco Bradesco, correspondem à quantia (líquida) de R$ 25.281,74 (vinte e cinco mil, duzentos e oitenta e um reais e setenta e quatro centavos)”.

“O valor real é 10.000 vezes inferior ao divulgado pelos parlamentares Carlos e Eduardo Bolsonaro e pela secretária de Cultura, Regina Duarte, que divulgaram a fake news da estimativa equivocada nas suas redes sociais para caluniar uma pessoa falecida com fins políticos”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112875 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]