Necropolítica: Presidente Jair Bolsonaro se exime de responsabilidade por mortes pela Covid-19 e culpa governadores; Extremista debocha do povo brasileiro

Declarações do presidente Jair Bolsonaro evidenciam desrespeito à dor e sofrimento do povo, no momento em que a pandemia de Covid-19 provoca elevado número de óbitos.
Declarações do presidente Jair Bolsonaro evidenciam desrespeito à dor e sofrimento do povo, no momento em que a pandemia de Covid-19 provoca elevado número de óbitos.
Declarações do presidente Jair Bolsonaro evidenciam desrespeito à dor e sofrimento do povo, no momento em que a pandemia de Covid-19 provoca elevado número de óbitos.
Declarações do presidente Jair Bolsonaro evidenciam desrespeito à dor e sofrimento do povo, no momento em que a pandemia de Covid-19 provoca elevado número de óbitos.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (29/04/2020) que as mortes causadas pelo coronavírus devem ser cobrada dos governadores e prefeitos e se eximiu de responsabilidade sobre a crise causada pela epidemia.

Irritado pela repercussão da sua fala na noite de terça-feira, em que respondeu com “e daí? Lamento, quer que eu faça o quê?”, quando perguntado sobre o recorde de mortes no país, registrados na terça, Bolsonaro chamou os jornalistas de mentirosos e disse que “não vão colocar essa conta em cima de mim”.

As declarações do extremista de direita são características de uma pessoa com baixa cognição, que agiu e age com deboche ante o sofrimento do povo brasileiro e que tem comportamento compatível com pessoas que detém psicopatia social. Em síntese, o presidente Jair Bolsonaro colhe os resultados da necropolítica adotada, desrespeitando a memória coletiva da nação.

*Com informações de Lisandra Paraguassu, da Agência Reuters.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112875 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]