Ministro da Saúde reforça importância do isolamento e faz apelo por cuidado redobrado

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva em Brasília.
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva em Brasília.
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva em Brasília.
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva em Brasília.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, voltou a defender nesta quarta-feira (01/04/2020) as medidas de isolamento social como meio para conter a disseminação do coronavírus, ressaltando que a escassez de equipamentos de proteção reforça essa necessidade, e fez um apelo por cuidado redobrado neste momento.

Segundo Mandetta, o coronavírus parou a produção dos equipamentos de proteção individual na China que os hospitais do mundo todo usam, provocando uma escassez. O ministro afirmou que uma compra enorme realizada pelos Estados Unidos no país asiático derrubou encomendas feitas pelo Brasil.

“Se não fizermos retenção social e relaxarmos no grau de contágio, podemos ficar com uma série de problemas em equipamentos de proteção, porque não estamos conseguindo comprar de forma regular”, disse o ministro em entrevista coletiva.

“Hoje nós estamos muito preocupados com a regularização de estoques de equipamentos de proteção”, acrescentou, destacando que a hora é de “redobrar o cuidado”.

O ministro afirmou, ainda, que o número de casos confirmados de Covid-19 no Brasil é muito menor do que o número de casos que está circulando em nossa sociedade devido a um atraso nos testes, o que significa que vai haver uma alta expressiva nos próximos dias com o aumento da capacidade de testagem.

*Com informações de Ricardo Brito, Pedro Fonseca e Maria Pia Palermo, da Agência Reuters.

Confira vídeo

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]