Líder governista anuncia obra de requalificação do centro de Feira de Santana

Marcos Lima: quero dizer também as obras no projeto Novo Centro, que abrangem a requalificação do centro da cidade.
Marcos Lima: quero dizer também as obras no projeto Novo Centro, que abrangem a requalificação do centro da cidade.
Marcos Lima: quero dizer também as obras no projeto Novo Centro, que abrangem a requalificação do centro da cidade.
Marcos Lima: quero dizer também as obras no projeto Novo Centro, que abrangem a requalificação do centro da cidade.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (20/04/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador e líder do Governo na Câmara, Marcos Lima (DEM) rebateu a denúncia feita pelo oposicionista Roberto Tourinho (PSB) e listou obras do Município.

“A empresa BGI S. A foi contratada para prestar um melhor serviço à nossa cidade. É um investimento para ter melhor indicações às PPPs. Quero dizer também as obras no projeto Novo Centro, que abrangem a requalificação do centro da cidade, foram iniciadas na última quinta-feira (16). Os trabalhos começam na Avenida Senhor do Passos. O projeto resultará na requalificação de 432.707 metros quadrados de vias públicas, pavimentação de vias pedestres, sinalização de ciclovia e quase 16 mil metros de rede de drenagem e Túnel Líner. A obra está orçada em R$ 37 milhões, recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal”, pontuou o líder.

O líder ressaltou mais que após o período da pandemia, o comércio da cidade precisará ser aquecido e essa requalificação será importante. Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (MDB) disse que o ex-ministro da Saúde seria um traidor. E a fala foi prontamente rebatida por Marcos. “Fiquei triste em ouvir em isso. O ministro estava passando informações diárias sobre os dados do coronavírus. Liberou recursos dobrados para o SUS com o objetivo de combater a pandemia”, avaliou.

Também em aparte, o presidente da Casa, vereador José Carneiro Rocha (MDB) afirmou que o ex-ministro foi também deputado e acusado de corrupção. “Se ele não fosse ministro, quem na Bahia o conhecia?”, questionou.

Ainda no debate, o vereador Edvaldo Lima afirmou que o ex-ministro é um traidor. “Agora, imagine este homem recebendo uma honraria nessa Casa?”, indagou. Por sua vez, o edil Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) afirmou que o ex-ministro estava fazendo um plano de prevenção e os estados estavam seguindo. “O problema é que o discurso dele não estava alinhado com o do Presidente, mas isso acontece e não é traição”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114962 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.