Governo da Bahia disponibiliza canais para combater Fake News

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Canais do Governo da Bahia são disponibilizados para denunciar Fake News.
Canais do Governo da Bahia são disponibilizados para denunciar Fake News.
Canais do Governo da Bahia são disponibilizados para denunciar Fake News.
Canais do Governo da Bahia são disponibilizados para denunciar Fake News.

Com o intuito de ajudar a população baiana a checar informações relacionadas ao Governo do Estado, principalmente no que se refere ao combate ao novo coronavírus, a Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom) disponibilizou três diferentes canais para tirar as dúvidas dos internautas e evitar o repasse das famosas fake news (notícias falsas). O cidadão que tiver uma dúvida deve enviar mensagens para os perfis do Governo da Bahia no Facebook (www.facebook.com/governodabahia/) e no Instagram (www.instagram.com/govba) ou no Whatsapp, pelo número (71) 99646-4095.

Para o governador Rui Costa, as fake news são disseminadas por pessoas que ele considera milicianos digitais. “Neste momento de pandemia, esses criminosos estão ativamente difundindo mentiras e calúnias, inclusive manipulando vídeos, com o objetivo de descredibilizar prefeitos e governadores do Brasil inteiro. Isso é um crime e eu espero que o STF apure rapidamente quem comanda essas quadrilhas”, avaliou.

Rui também lembrou que não são apenas os criadores das fake news que podem responder criminalmente. “Quem cria é criminoso, mas quem ajuda a repassar essas mentiras também pode ser responsabilizado. Por isso, criamos esses canais com o objetivo de ajudar os baianos a conferirem a veracidade das informações, disseminando, deste modo, somente a verdade”, destacou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113561 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]