Ford vai produzir máscaras de proteção facial para combate ao coronavírus nas fábricas de Camaçari e Pacheco

Ford vai produzir máscaras nas fábricas de Camaçari.

Ford vai produzir máscaras nas fábricas de Camaçari.

A Ford vai produzir inicialmente 50.000 máscaras nas fábricas de Camaçari, na Bahia, e Pacheco, na Argentina, para doação, por meio de órgãos públicos e organizações sem fins lucrativos, a profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença.

Adicionalmente, a Ford está disponibilizando veículos à Cruz Vermelha, no Brasil e Argentina, para auxiliar no transporte de equipes e suprimentos. Esta ação também está sendo estendida para Chile, Colômbia e Peru.

Estas iniciativas se unem a outras importantes ações previamente anunciadas, como a recuperação de respiradores mecânicos e o adiamento de parcelas de financiamentos feitos pela Ford Credit.

Com o objetivo de ajudar no combate à pandemia de coronavírus, a Ford anuncia hoje que vai produzir inicialmente 50.000 máscaras de proteção facial em suas instalações de Camaçari, na Bahia, e de Pacheco, na Argentina, para equipar os profissionais da saúde que atuam na linha de frente tratando pacientes que contraíram a doença.

As máscaras, fabricadas com lâmina de acetato e peças de suporte, fazem parte dos itens de proteção individual mais requisitados por esses profissionais no momento. A distribuição nos pontos de serviço será coordenada por meio das Secretarias de Saúde e da Cruz Vermelha.

A larga experiência da Ford em projetos, cadeia de suprimentos, manufatura e logística foi essencial para a criação, em tempo recorde, de uma linha de produção para estas máscaras, que será formada única e exclusivamente por voluntários, respeitando as regras de distanciamento social e com protocolos de proteção e processos de constante higienização pessoal e desinfecção do ambiente de trabalho.

“A família está em primeiro lugar nos valores da Ford – e tem estado por mais de 100 anos. O desejo de ajudar e cuidar das pessoas é parte integrante da nossa tradição. Em momentos difíceis como este, nossas ações se tornam ainda mais importantes”, diz Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Esta iniciativa é uma de várias que estão sendo implementadas pela empresa no Brasil e na Argentina face ao desafio enfrentado nesta situação sem precedentes. No Brasil, a Ford também se uniu à força-tarefa formada pelo CNI/SENAI e outras empresas para a recuperação de respiradores mecânicos descartados ou com necessidade de manutenção, fundamentais no tratamento de pacientes com a Covid-19.

Além disso, a Ford está disponibilizando veículos à Cruz Vermelha no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru para auxiliar no trabalho com o transporte de equipes e suprimentos. A frota inclui os modelos Transit, Fusion, EcoSport, Ranger e Ka, além de uma ambulância.

Com o objetivo de ajudar os consumidores que financiaram seus veículos pela Ford Credit, a empresa anunciou, também, a possibilidade de postergação de até três parcelas do financiamento para o final do contrato.

“A Ford América do Sul está comprometida com a segurança e saúde dos seus funcionários e vai colaborar com os esforços para combater essa pandemia com impactos sem precedentes em todos os aspectos da vida social e econômica”, completa Lyle Watters.

Máscaras de proteção facial serão produzidas pela Ford.

Máscaras de proteção facial serão produzidas pela Ford.

Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]