Em duas sessões virtuais, deputados estaduais aprovam projetos de isenção de água e energia para milhões de baianos

Deputado Nelson Leal preside sessão remota da ALBA, ocorrida neste sábado (04/04/2020).

Deputado Nelson Leal preside sessão remota da ALBA, ocorrida neste sábado (04/04/2020).

Cerca de 1 milhão de pessoas – 233 mil famílias – de baixa renda, em diversos municípios baianos, terão suas contas de água pagas pelo Governo do Estado, pelos próximos 90 dias, para consumo menor do que 25 m3 mês, conforme aprovou neste sábado (04/04/2020) a Assembleia Legislativa da Bahia, depois de ter autorizado, ontem, a isenção para mais de 3,5 milhões de pessoas da conta de energia elétrica, com consumo até 100 KW.

“Vivemos uma situação extremamente difícil, mas estou feliz com a atuação dos nossos deputados estaduais. Tenho seis mandatos parlamentares e nunca vi um grupo de legisladores tão coesos em prol dos interesses dos baianos, principalmente das populações mais carentes”, declarou presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, ao encerrar a quarta sessão virtual da ALBA.

Pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR), através de videoconferência, 45 parlamentares aprovaram também o PL 23813/2020, que dispõe sobre procedimentos complementares para enfrentamento da emergência de saúde pública, decorrente do coronavírus. O projeto foi apresentado em razão do cancelamento, por parte da China, de R$ 42 milhões em equipamentos para combate ao Covid-19, que viriam para o Nordeste e ficaram retidos em Miami, nos EUA.

“É uma medida extremamente importante, que permitirá ao Estado disputar no mercado internacional, principalmente na China, equipamentos e serviços para combate a esta gravíssima pandemia”, explica Leal.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]