#UmaMensagem: Como o coronavírus Covid-19 despertou a conexão da humanidade e que reflexões podem ser abstraídas

A biosfera conecta tudo a todos, em uma relação de interdependência.
A biosfera conecta tudo a todos, em uma relação de interdependência.
A biosfera conecta tudo a todos, em uma relação de interdependência.
A biosfera conecta tudo a todos, em uma relação de interdependência.

A acelerada destruição do bioma do planeta Terra pelo ser humano provoca transformações no ecossistema, intensificando a mudança climática e a mutação genética de seres vivos. Essa nova ordem global evidencia que todas as pessoas estão conectadas entre si e com a biosfera, em uma relação de interdependência.

A pandemia do coronavírus Covid-19 é apenas mais uma evidência de que o planeta busca o reequilíbrio. Esse despertar da natureza é um convite ao aprofundamento sobre a reflexão ontológica, para que as pessoas abandonem as falsas premissas do individualismo e percebam a si mesmas como membros da humanidade e passageiros da experiência material transitória, cujo resultado é a transcendência espiritual alcançada com as respostas da metafísica.

Assista ao vídeo e se permita sair da caverna e vislumbrar a luz.

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).