Potências Maçônicas emitem comunicado recomendando distância dos ataques a democracia promovidos pelo extremista Jair Bolsonaro, apoiadores e milicianos através de protesto agendado para 15 de março

Protestos contra a democracia promovidos pelo extremista de direita Jair Bolsonaro são contestados pelas Potências Maçônicas.
Protestos contra a democracia promovidos pelo extremista de direita Jair Bolsonaro são contestados pelas Potências Maçônicas.
Protestos contra a democracia promovidos pelo extremista de direita Jair Bolsonaro são contestados pelas Potências Maçônicas.
Protestos contra a democracia promovidos pelo extremista de direita Jair Bolsonaro são contestados pelas Potências Maçônicas.

Uma fonte encaminhou nesta quinta-feira (12/03/2020) ao Jornal Grande Bahia (JGB) nota conjunta emitida pelas Obediências Maçônicas — formadas pelas Grandes Lojas e Grandes Orientes Estaduais, que fazem parte da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB) e da Confederação Maçônica do Brasil (COMAB) — na qual recomenda aos membros que mantenham distância dos protestos contra a democracia, à serem promovidos no dia 15 de março de 2020 (domingo), sob a liderança do extremista de direita Jair Bolsonaro, seguidores e milicianos. A atividade é avaliada como movimento típico de totalitários fascistas que atentam contra a Magna Carta e o interesse do povo brasileiro.

Em síntese, diz a nota

— Percebendo a intensa repercussão nacional dos movimentos sociais e políticos, pertinentes a “mobilização”, marcada para o dia 15 de março de 2020, orientamos a todos os Irmãos a adotar cautela frente às diversas intenções e reivindicações do evento.

— Alertamos a sociedade sobre riscos e perigos em defender a eliminação de Poderes Democráticos da República, tão duramente instituídos pelos brasileiros que antecederam as gerações atuais.

— Somos uma instituição cuja liberdade é uma das suas tríades – jamais opressora, por isso não admitimos a ditadura, a tirania, os regimes absolutistas, os preconceitos… Não convivemos com corruptos ou conspiradores.

— A Maçonaria, em voz única, deixa claro que está ciente das suas responsabilidades, está alerta a todos os movimentos políticos, sociais e de mobilização, se posicionando com veemência na defesa e manutenção das organizações que garantam a vida, a liberdade, o direito de expressão, a pluralidade de ideias e a cidadania, assegurando, assim, o estado democrático de direito existente no Brasil.

Baixe

Nota conjunta da CMSB e COMAB contra os protestos de 15 de março, convocado pelo extremista Jair Bolsonaro

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110032 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]