Pesquisador Ricardo Galvão alerta para os riscos de desmatamento da Amazônia durante debate na UEFS

Professor Ricardo Galvão foi o convidado da Universidade Estadual de Feira de Santana para a aula inaugural do Programa de pós-graduação em Modelagem e Ciências da Terra e do Meio Ambiente (PPGM) que teve como tema ‘Ciências e Políticas Públicas’.
Professor Ricardo Galvão foi o convidado da Universidade Estadual de Feira de Santana para a aula inaugural do Programa de pós-graduação em Modelagem e Ciências da Terra e do Meio Ambiente (PPGM) que teve como tema ‘Ciências e Políticas Públicas’.
Professor Ricardo Galvão foi o convidado da Universidade Estadual de Feira de Santana para a aula inaugural do Programa de pós-graduação em Modelagem e Ciências da Terra e do Meio Ambiente (PPGM) que teve como tema ‘Ciências e Políticas Públicas’.
Professor Ricardo Galvão foi o convidado da Universidade Estadual de Feira de Santana para a aula inaugural do Programa de pós-graduação em Modelagem e Ciências da Terra e do Meio Ambiente (PPGM) que teve como tema ‘Ciências e Políticas Públicas’.

“Existem estudos que comprovam que se a Amazônia for desmatada em 25% a 40%, a chance de se tornar uma savana é irreversível. A perda para o Brasil e para o mundo é enorme porque a Amazônia é responsável por cerca de 10% de toda a umidade existente na atmosfera.” De acordo com Ricardo Galvão, ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), eleito pela Revista Nature um dos 10 maiores cientistas de 2019, esse é um cenário de catástrofe possível diante da atual política governamental de preservação da Amazônia.

O professor Ricardo Galvão foi o convidado da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) para a aula inaugural do Programa de pós-graduação em Modelagem e Ciências da Terra e do Meio Ambiente (PPGM) que teve como tema “Ciências e Políticas Públicas: A questão do aquecimento global e preservação da Amazônia”.

O reitor da Uefs, Evandro do Nascimento, ressaltou que “universidade tem como um dos grandes papéis realizar debate sobre temas que são relevantes para o desenvolvimento social, para o desenvolvimento da humanidade. O meio ambiente e os impactos do aquecimento global são assuntos que precisam ser discutidos”.

Segundo a Pró-reitora de Pós-Graduação, Silvone Santa Bárbara, inicialmente “a programação estava sendo pensada apenas para PPGM, mas entendemos que um evento dessa natureza não poderia ficar restrito, dado que é um tema transversal. Então começamos a organizar para que todos os programas participassem, e chamamos a solenidade de Aula Inaugural da Pós-Graduação”.

Realizado no Auditório Central do campus universitário, a palestra atraiu um grande público entre visitantes e membros da comunidade universitária.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108690 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]