Filarmônica leva música para escola do Bairro Baraúna em Feira de Santana

Sociedade Filarmônica 25 de Março se apresenta em escola no Bairro Baraúna.
Sociedade Filarmônica 25 de Março se apresenta em escola no Bairro Baraúna.
Sociedade Filarmônica 25 de Março se apresenta em escola no Bairro Baraúna.
Sociedade Filarmônica 25 de Março se apresenta em escola no Bairro Baraúna.

Na última quarta-feira (04/03/2020), a Sociedade Filarmônica 25 de Março, realizou mais uma apresentação do projeto Coreto Cultural, desta vez, no Centro de Ensino e Cultura Dr. Eduardo Fróes da Motta, localizado no bairro Baraúna, em Feira de Santana.

O projeto tem como objetivo contribuir com o fortalecimento da identidade cultural local, e estimular o ingresso de novos membros na Banda de Música da Sociedade Filarmônica 25 de Março.

Para a professora Lucimaura Paixão, gestora do Centro, o Coreto Cultural é muito enriquecedor, pois educação também significa cultura. Para ela, a música consegue motivar os jovens. “Me sinto honrada em participar desde momento ímpar, pois sabemos que a música é um instrumento que consegue motivar o jovem”, pontua.

Uma aluna e um ex-aluno do Centro de Ensino e Cultura fazem parte da Banda de Música da 25 de Março. Ruth da Silva, que tem 15 anos e está no 9° ano, conta que ama tocar na banda.  Ela já faz parte da Vinte e Cinco há seis anos, desde que a Filarmônica retomou as atividades da Escola de Música Maestro Estevam Moura.

“A Filarmônica influência em toda a minha vida.  Acho que se eu me dedicar mais, pode ser uma profissão”, conta a adolescente.

Raphael Cauê, de 15 anos, ex-aluno do Centro, está na Filarmônica há quase quatro anos, ele também ressaltou a importância da Filarmônica em sua vida e conta que gosta bastante de fazer parte da instituição. “Contribui para o meu desenvolvimento, gosto bastante”, disse.

Pró Lucimaura conta que se sente muito feliz em ver dois alunos do Centro na Banda, o que também é muito importante para a comunidade.

“Quando vejo dois alunos da escola participando fico muito feliz, pois nós sabemos da importância para essa comunidade carente, que precisa desse envolvimento da cultura com a educação. A educação não pode andar sozinha”.

Para ela, essa é uma forma de dar um rumo aos jovens. “Vejo como uma forma de tirar o nosso jovem das ruas, do meio de tanta violência e coloca-los em algo que contribua para formação deles. E só investindo em cultura e educação. Esse momento é muito significativo. Torço para que essa orquestra alce voos altíssimos, que consiga envolver uma grande gama de jovens”, finaliza.

O Projeto Coreto Cultural tem o patrocínio da Belgo Bekaert Arames, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e é produzido pela Sociedade Filarmônica 25 de Março, realizado pelo projeto Favela é isso Aí, pela Secretaria Especial da Cultura, pelo Ministério da Cidadania e pelo Governo Federal.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115026 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.