Ex-presidente Lula se encontra com Sebastião Salgado antes de receber título de Cidadão Honorário de Paris

Os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, Sebastião Salgado, Lélia Wanick Salgado e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, nesta segunda-feira (02/03/2020) em Paris.
Os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, Sebastião Salgado, Lélia Wanick Salgado e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, nesta segunda-feira (02/03/2020) em Paris.
Os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, Sebastião Salgado, Lélia Wanick Salgado e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, nesta segunda-feira (02/03/2020) em Paris.
Os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, Sebastião Salgado, Lélia Wanick Salgado e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, nesta segunda-feira (02/03/2020) em Paris.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe nesta segunda-feira (02/03/2020) o título de Cidadão Honorário da prefeitura de Paris, na presença da ex-presidente Dilma Rousseff e do ex-candidato do PT Fernando Haddad. Lula chegou no domingo (1°) em Paris e se reuniu com Jean-Luc Mélenchon, o presidente do partido da esquerda radical A França Insubmissa. Na manhã desta segunda-feira, o ex-presidente se encontrou com o fotógrafo Sebastião Salgado e sua mulher Lélia Wanick.

“Tivemos uma boa conversa sobre a Amazônia, desenvolvimento sustentável, a riqueza da biodiversidade brasileira e os desafios para lutar pela sua preservação”, disse Lula após o encontro com o famoso fotografo brasileiro, radicado em Paris. Desde que chegou à França, os compromissos e as declarações do ex-presidente têm sido divulgados por sua assessoria por comunicados e pelas redes sociais.

A reunião com Mélenchon foi o primeiro compromisso do ex-presidente brasileiro em Paris no domingo. Segundo a assessoria, o “reencontro com o amigo” foi uma retribuição à visita que o político francês fez a Lula, no ano passado, quando ele estava preso em Curitiba. “Esse companheiro fez questão de ir a Curitiba denunciar minha prisão política em setembro e demonstrar ao mundo sua solidariedade”.

A ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-candidato do PT à eleição presidencial de 2018 e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que acompanham Lula nessa viagem, também participaram da reunião. O encontro contou ainda com a participação do deputado de A França Insubmissa, Eric Coquerel.

Visita ao Jardim Marielle Franco cancelada

Inicialmente, a agenda oficial do ex-presidente divulgada pela prefeitura de Paris previa uma visita ao jardim Marielle Franco, inaugurado na capital francesa, em setembro de 2019, em homenagem a vereadora carioca assassinada em 2018. Prevista para a tarde desta segunda-feira, o evento foi cancelado devido a reuniões da prefeita parisiense sobre a epidemia de coronavírus na França.

A cerimônia oficial de entrega do título de Cidadão Honorário de Paris ao ex-presidente Luiz será realizada na Prefeitura, às 17h pelo horário local (13h em Brasília). Ele receberá a honraria das mãos da prefeita socialista, Anne Hidalgo, que “reconhece o legado de Lula no combate à miséria e sua luta contra a fome”.

O Conselho de Paris [equivalente à Câmara dos Vereadores] decidiu em 3 de outubro de 2019 agraciar Lula com o título de Cidadão Honorário da cidade, considerando que “os direitos civis e políticos do ex-Presidente da República Federativa do Brasil, particularmente engajados na luta contra as desigualdades sociais, foram desprezados”, segundo texto do convite oficial do evento. Lula foi libertado em 8 de novembro de 2019, após decisão do Supremo Tribunal Federal brasileiro, tendo cumprido 580 dias de detenção na sede da Polícia Federal de Curitiba.

Ainda na noite desta segunda-feira, Lula participa ao lado de Hidalgo do evento “La Planète em Commun” (O planeta em comum), no teatro do Gymnase, em Paris.

Festival Lula Livre

A agenda do ex-presidente continua no dia 3 de março, com um grande evento do festival Lula Livre no mítico Théâtre du Soleil, em Paris, teatro criado pela diretora Ariane Mnouchkine na década de 1970. Dilma Rousseff e Fernando Haddad também acompanham Lula nesse encontro. Os pedidos do público parisiense para assistir ao festival foram tantos que os organizadores tiveram que disponibilizar um outro teatro, o Aquarium, que fica ao lado do Soleil, para receber todo mundo. No Aquarium, um telão transmitirá o evento ao vivo.

Além disso, Lula tem encontros previstos com outras lideranças políticas da França, além de intelectuais e organizações franco-brasileiras. Na sequência, ele parte no dia 5 de março para Genebra onde fica até o dia 9. Na pauta, encontros com representantes sindicais e representantes do Conselho Mundial das Igrejas (CMI), que congrega mais de 340 igrejas em mais de 120 países.

Em Berlim, a partir do dia 9, Lula deve se reunir com lideranças políticas e representantes do movimento sindical alemão. No dia 9, o ex-presidente participa ainda do Encontro em Defesa da Democracia no Brasil, um ato público em que deve encontrar representantes dos comitês internacionais Lula Livre.

Ex-presidente Lula em almoço com o ex-presidente da França François Hollande.
Ex-presidente Lula em almoço com o ex-presidente da França François Hollande.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]