Em artigo publicado pelo Washington Post, pesquisador Rosana Pinheiro-Machado pede impeachment do extremista Jair Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro sendo entrevistado pelo apresentador Carlos Massa (Ratinho). Governante de extrema-direita apresenta baixa cognição e incapacidade de lidar com a realidade socioeconômico do país.

Presidente Jair Bolsonaro sendo entrevistado pelo apresentador Carlos Massa (Ratinho). Governante de extrema-direita apresenta baixa cognição e incapacidade de lidar com a realidade socioeconômico do país.

Um artigo que pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, assinado pela professora Rosana Pinheiro-Machado, do Departamento de Ciência Política da Universidade de Bath, no Reino Unido, ganhou espaço na Seção de “Opiniões Globais” do Washington Post, um dos mais prestigiados jornais dos Estados Unidos, em sua edição de domingo (29/03/2020).

A professora afirmou que Bolsonaro precisa ser removido do cargo porque já “demonstrou uma incapacidade alarmante de governar o país”, ao minimizar a pandemia de coronavírus e “minar os esforços para proteger e salvar vidas”. Ela disse que “o comportamento irresponsável e desagregador [do presidente] jogou o Brasil em uma crise profunda”.

Nos últimos dias, Bolsonaro contrariou seus próprios especialistas em saúde, chamando os sintomas da Covid-19 de “gripezinha” e as sugestões de isolamento social de “confinamento em massa”, ela escreveu.

Ele deu a ideia de que o coronavírus é uma enganação da mídia, que vem criando sensação de medo.  “Em 24 de março, ele disse que esse é o perfeito cenário usado pela mídia para disseminar histeria”.

O presidente também compareceu a atos públicos e apertou mãos de seus aliados, sendo “criticado por encorajar grandes reuniões de pessoas”. Ele também sugeriu a seus seguidores, pela mídia social e canais oficiais, que fizessem uma demonstração de apoio a seu governo, ela diz.

“Assim, ele ignorou recomendações para praticar distanciamento social, depois que membros de seu próprio governo foram diagnosticados com coronavírus”, ela escreveu. Enquanto as autoridades médicas estão pedindo à população para ficar em casa, ele está pregando a volta à normalidade e ao trabalho.

Ela adverte que a disseminação do coronavírus pode provocar o colapso do sistema de saúde do Brasil.

Para a professora, “está claro que Bolsonaro abandonou seu dever de proteger a população”. Os brasileiros “estão sentindo muita ansiedade e não suportam mais essa falta de liderança”. Ela informou aos leitores internacionais que a população está protestando por meio de “panelaços” e já há um apoio majoritário ao impeachment do presidente.

*Com informações de João Ozorio de Melo, da Revista CONJUR.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]