Casos do Covid-19 fora da China são nove vezes maiores do que na nação asiática; Doença afeta parte da população de 61 países

Ilustração do coronavírus Covid-19 (2019-nCoV).
Em todo o mundo, foram notificados até esta segunda-feira (02/03/2020) 88.913 em todo o globo. Fora da China, existem 8.379 pessoas infectadas com 127 mortes. OMS está preocupada com Coreia do Sul, Itália, Irã e Japão.
Ilustração do coronavírus Covid-19 (2019-nCoV).
Em todo o mundo, foram notificados até esta segunda-feira (02/03/2020) 88.913 em todo o globo. Fora da China, existem 8.379 pessoas infectadas com 127 mortes. OMS está preocupada com Coreia do Sul, Itália, Irã e Japão.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou esta segunda-feira (02/03/2020) que o número de novos casos de covid-19, confirmados nas últimas 24 horas fora da China, é nove vezes mais alto do que o total notificado na nação asiática.

O diretor-geral da agência, Tedros Ghebreyesus, declarou que até esta segunda-feira foram registrados 88.913 casos da doença em todo o mundo.

Grande preocupação

Fora do país asiático, onde a doença surgiu em dezembro, a nova cepa do coronavírus já afeta 61 nações com um total de 8.739 pacientes, com 127 mortes. A OMS expressou “grande preocupação” com a situação na Coreia do Sul, na Itália, no Irã e no Japão.

Ainda nesta segunda, especialistas da OMS chegaram a Teerã, capital do Irã, para apoiar a resposta ao surto. Até o momento, existem 1.501 casos e 66 mortes.

A ONU debate agora se será necessário definir um novo formato para grandes eventos programados para os próximos dias, após as preocupações com o covid-19.

Em Genebra, já foram canceladas todas reuniões paralelas relacionadas ao Conselho de Direitos Humanos.

A presidente da 43ª sessão do órgão, Elisabeth Tichy-Fisslberger, incentivou os representantes que ainda estão a caminho da cidade suíça a interromperem a viagem, principalmente neste mês.

Casos

De acordo com a OMS, em mais de 130 Estados ainda não foram detectados casos de covid-19. O diretor-geral da agência destacou que a contenção do novo coronavírus “é viável e deve continuar sendo a maior prioridade de todos os países”.

Tedros Ghebreyesus disse que a comunidade internacional está em território desconhecido por causa da originalidade do vírus.

Para o chefe da OMS, somente com medidas mais agressivas e precoces os países podem parar a transmissão e salvar vidas.

Transmissão

O representante lembrou que muitas pessoas têm medo, mas apontou que a agência “não hesitará em declarar a situação como uma pandemia”, se for necessário.

Para o líder da OMS, é preciso observar o assunto inteiramente e destacou que em vários países não houve transmissão em grupos.

Cerca de 90% de todos os casos confirmados foram relatados na China, principalmente na província de Hubei.

*Com informações da ONU News.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111075 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]