Caiu a ficha de Jair Bolsonaro, é nítida mudança de postura e espero que permaneça, diz governador Rui Costa

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Rui Costa (PT), governador da Bahia.
Rui Costa (PT), governador da Bahia.
Rui Costa (PT), governador da Bahia.
Rui Costa (PT), governador da Bahia.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), elogiou o que chamou de mudança de postura do presidente Jair Bolsonaro no diálogo com governadores em relação à disseminação do novo coronavírus, causador da covid-19. Em entrevista à CNN Brasil na noite de hoje (23/03/2020), o petista celebrou a liberação de verba por parte do governo federal para que Estados possam atuar no combate ao vírus.

“Não é possível o País se autoconduzir. A sensação que eu tenho é que a ficha caiu e eu espero que esse comportamento permaneça. É preciso colocar o cuidado com o ser humano em primeiro lugar, deixar as fofocas e futricas de lado”, falou o governador.

Rui Costa disse que o governo combinou novas reuniões por teleconferência com autoridades dos Estados, como secretários de Saúde e de Fazenda, para tratar da ampliação da securitização de dívidas e da distribuição de verbas para tratamento de pacientes com covid-19.

A Bahia vai usar o estádio da Fonte Nova, em Salvador, para receber pacientes em estado grave contaminados por coronavírus. De acordo com o governador, as áreas dos camarotes receberão Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O Estado também deve inaugurar dois novos hospitais nos próximos dias, o que deve ampliar em 600 leitos a capacidade de receber doentes.

Críticas

O governador disse não conseguir entender “o comportamento da Anvisa”, se referindo à Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Segundo ele, a entidade estaria se recusando a fazer triagens de passageiros em aeroportos, o que é especialmente importante em um Estado como a Bahia, em que todos os casos confirmados de contágio por coronavírus são “de fora”, segundo o petista. “Não consigo entender o comportamento da Anvisa, que deveria estar fazendo uma triagem nos aeroportos. O Estado foi fazer e eles ainda recorreram judicialmente para impedir o Estado de ‘pegar’ a temperatura de quem chega”.

Apesar do diálogo aberto com o presidente Bolsonaro, Rui Costa reclamou que os Estados do Nordeste vem sendo preteridos pelo governo federal em relação aos do Sul e Sudeste quando o assunto é o Bolsa Família. Comentando a decisão de hoje do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello que proibiu cortes no programa de transferência de renda, Rui Costa disse que as suspensões de benefício tem sido feitas “sem nenhuma explicação consistente” e que a decisão do ministro vai gerar um “impacto muito grande, especialmente nas famílias e nos trabalhadores mais vulneráveis”.

*Com infrações do Broadcast do Estadão.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113607 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]