Vereador questiona redução de alunos matriculados na rede municipal de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Roberto Tourinho: a cidade cresceu e o número de matriculados, que deveria ser maior, é de 48 mil alunos.
Roberto Tourinho: a cidade cresceu e o número de matriculados, que deveria ser maior, é de 48 mil alunos.

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (11/02/2020), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) voltou a criticar a Rede Municipal de Educação de Feira de Santana. Ele iniciou citando o fato do município não atingir as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) desde 2011, apesar de ser a segunda maior cidade da Bahia.

Tourinho também indagou o motivo da redução significativa de estudantes matriculados na rede municipal, em 2010 eram 56 mil alunos. “Hoje, em 2020, 10 anos depois, a cidade cresceu e o número de matriculados, que deveria ser maior, é de 48 mil alunos. Estamos apresentando requerimento solicitando informação deste governo responsável pelo sucateamento da Educação. Tem de explicar como 10 anos depois possui menos 8 mil estudantes”, cobrou.

O parlamentar acrescentou que muitas escolas foram desativadas nos últimos anos, especialmente nos distritos. “Sabe qual o resultado desta incompetência na Educação? Nove anos de atraso na média nacional do Ideb. Cidades com 30, 40, 60 mil habitantes, infinitamente menores, com índices satisfatórios”, contrastou.

Tourinho evidenciou que, em contrapartida, o município possui uma instituição da rede privada de ensino reconhecida como uma das melhores do país pelo Ministério da Educação (MEC). Além de ter se transformado em um polo com mais de 20 instituições de ensino superior – a distância e presencial – e possuir uma das melhores universidades estaduais do Brasil, a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113891 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]