PSOL aciona Comissão de Ética da Presidência contra o extremista Jair Bolsonaro por ofensas misóginas a jornalista

Presidente Jair Bolsonaro demonstra psicopatia e evidencia comportamento incompatível com a função publica.
Presidente Jair Bolsonaro demonstra psicopatia e evidencia comportamento incompatível com a função publica.
Presidente Jair Bolsonaro demonstra psicopatia e evidencia comportamento incompatível com a função publica.
Presidente Jair Bolsonaro demonstra psicopatia e evidencia comportamento incompatível com a função publica.

A Bancada do PSOL na Câmara dos Deputados protocolou na noite desta terça-feira (18/02/2020) um pedido de apuração contra o presidente Jair Bolsonaro na Comissão de Ética da Presidência, por ter violado a Conduta da Alta Administração Federal ao insultar a jornalista da Folha de S.Paulo Patrícia Campos Mello, com declarações de cunho machista e misógino.

Em entrevista na manhã da terça-feira (18) Bolsonaro deu a seguinte declaração machista e desrespeitosa: “Ela queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, disse aos risos na saída do Palácio da Alvorada.

Para os deputados do PSOL, “os ataques aos jornalistas empreendidos pelo Presidente são incompatíveis com os princípios da democracia, cuja saúde depende da livre circulação de informações e da fiscalização das autoridades pelos cidadãos. As agressões cotidianas aos repórteres que buscam esclarecer os fatos em nome da sociedade são incompatíveis com o equilíbrio esperado de um Presidente”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110979 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]