Nota da SECOM Bahia sobre episódio envolvendo jornalistas com PM’s nega prisão de profissionais

Viatura da Polícia Militar da Bahia: equipe de VEJA foi detida durante investigação da morte de miliciano bolsonarista.
Viatura da Polícia Militar da Bahia: equipe de VEJA foi detida durante investigação da morte de miliciano bolsonarista.

Em nota enviada nesta sex-feira (14/02/2020), A Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom) esclarece que a ação da Polícia Militar (PMBA) envolvendo repórteres da revista Veja não teve a intenção de impedir o livre exercício da profissão jornalística. “Vale ressaltar que os jornalistas não foram detidos. A defesa incansável da liberdade de imprensa é prerrogativa inviolável e nossa prática diária.”.

Viatura da Polícia Militar da Bahia: equipe de VEJA foi detida durante investigação da morte de miliciano bolsonarista.
Viatura da Polícia Militar da Bahia: equipe de VEJA foi detida durante investigação da morte de miliciano bolsonarista.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9614 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).