Graduação de Igor Oliveira Queiroz em medicina pela Escola Bahiana é comemorada por familiares; Solenidade ocorreu em Salvador

Convite da solenidade de formatura de Igor Oliveira Queiroz como Bacharel em Medicina pela Escola Bahiana, Turma 2019.2.
Convite da solenidade de formatura de Igor Oliveira Queiroz como Bacharel em Medicina pela Escola Bahiana, Turma 2019.2.
Convite da solenidade de formatura de Igor Oliveira Queiroz como Bacharel em Medicina pela Escola Bahiana, Turma 2019.2.
Convite da solenidade de formatura de Igor Oliveira Queiroz como Bacharel em Medicina pela Escola Bahiana, Turma 2019.2.

Filho do destacado poeta feirense e engenheiro químico Vladimir Queiroz e da engenheira civil Mônica Oliveira Queiroz, Igor Oliveira Queiroz comemorou na quinta-feira (30/01/2020), em Salvador, ao lado do irmão Iago Oliveira Queiroz, dos tios José Marcelo Evangelista Silva e Valentina Queiroz Silva, da prima Marília Queiroz Silva, familiares e amigos a titulação de Bacharel em Medicina pela tradicional Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Turma 2019.2.

“Eu não me lembro exatamente quantos anos eu tinha na época, mas lembro que era bem pequeno. Meu pai entrou comigo numa loja de variedades, por acaso. Em meio às prateleiras ele encontrou miniesculturas, cada uma representando uma profissão. Eis que ele me pergunta, que profissão vai escolher quando crescer, Igor?”. Ele, engenheiro químico; minha mãe, civil. ‘Médico’ eu respondi, entregando-lhe a escultura, que tenho até hoje, de um médico em miniatura. Bem! Acredito que foi aí que tudo começou, pelo menos esse é o marco que tenho para mim, como a minha primeira lembrança em relação à medicina”, registrou Igor Queiroz no convite aos familiares para a solenidade que lhe conferiu a profissão de médico.

Ligação com a terra natal do pai

Os laços que unem o jovem médico à comunidade de Feira de Santana são intensos. O pai, Vladimir Queiroz e a tia Valentina Queiroz nasceram e foram criados em Feira de Santana. A avó de Igor Queiroz, Marília Queiroz da Silva, atuou como professora no Município e nomeia uma unidade educacional da Prefeitura. O avô Hilário Dias da Silva atuou como professor, supervisor educacional, comerciante e foi colecionador de relógios de parede em Feira de Santana.

Igor Queiroz ao lado dos pais Vladimir Queiroz e Mônica Queiroz.
Igor Queiroz ao lado dos pais Vladimir Queiroz e Mônica Queiroz.
Os pais Vladimir Queiroz e Mônica Queiroz ao lado dos filhos Igor e Iago Queiroz.
Os pais Vladimir Queiroz e Mônica Queiroz ao lado dos filhos Igor e Iago Queiroz.
Igor Queiroz ao lado dos tios Marcelo Evangelista e Valentina Queiroz e da prima Marília Queiroz Silva.
Igor Queiroz ao lado dos tios Marcelo Evangelista e Valentina Queiroz e da prima Marília Queiroz Silva.
Igor Oliveira Queiroz e colegas da Turma 2019.2 da Escola Bahiana de Medicina.
Igor Oliveira Queiroz e colegas da Turma 2019.2 da Escola Bahiana de Medicina.
Sobre Carlos Augusto 9524 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).