Folião sem espaço das calçadas nos circuitos da folia do Carnaval 2020 de Salvador

Prefeitura de Salvador entregou as calçadas aos ambulantes e deixou foliões sem espaço para circular.

Prefeitura de Salvador entregou as calçadas aos ambulantes e deixou foliões sem espaço para circular.

O folião do carnaval de 2019 de Salvador terá que saber dar seus pulos para não esbarra com os ambulantes que tomaram conta das calçadas. Pela ordem natural a calçada é do pedestre, só que a prefeitura de Salvador por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), resolveu inverter a ordem lógica, deu a calçada para os ambulantes e os foliões que fiquem sem espaço.

A Semop disponibilizou 4.500 licenças para ambulantes e permissionários de food trucks para trabalhar no Carnaval. E como perguntar não ofende! Onde colocar tantos ambulantes que pagaram suas taxas de setenta a cem reais? Nas calçadas. E o povo que passe por cima, fique sem espaço ou desista de participar da festa do mundo.

A prefeitura precisa reorganizar melhor, ter um olhar tanto para o ambulante como para o folião que também precisa de espaço e não pode nem deve brigar por espaço na calçada.

Não resta duvida que o desemprego tenha aumentando, a capital baiana passa para a 6ª posição no ranking da desocupação entre as capitais do Brasil, ficando atrás de Recife (17,4%), Macapá (17,4%), Manaus (17,2%). O número de pessoas fora da força de trabalho na Bahia (5,017 milhões).Segundos dados do IBGE.

Os ambulantes são batalhadores do dia a dia, que enfrentam, chuva, sol, fome, ventania, tem todo o direto de ir a luta para tentar conseguir um pouco de alivio ao ganhar o dinheiro para pagar as dividas, colocar comida dentro casa, transporte, material escolar e como se dizia antigamente quitar a divida na venda, aliás será que ainda se compra fiado?

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]