Festa de Iemanjá reúne milhares de baianos e turistas no Rio Vermelho em Salvador

Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

Com muita fé e devoção, milhares de baianos e turistas compareceram, neste domingo (02/02/2020), ao bairro do Rio Vermelho, em Salvador, para acompanhar a Festa de Iemanjá. Os fiéis e simpatizantes se reúnem no local desde a madrugada, quando os presentes para Iemanjá começaram a ser depositados nos balaios que serão colocados no mar pelos pescadores no período da tarde, a partir das 15h30.

Segundo historiadores, a festa começou em 1923, depois que pescadores, inconformados com um período de pouca fartura no mar, jogaram presentes nas águas para que a orixá revertesse a situação. Depois disso, a pesca foi abundante. A tradição foi crescendo até ser oficializada como a ‘Festa de Iemanjá’ em 1950.

Ao longo dos anos, o festejo se tornou um dos principais símbolos da cultura baiana e do Brasil, acumulando milhares de depoimentos de graças alcançadas, como é o caso da professora Clara Descofono. “Alguns anos depois de nosso casamento, meu marido e eu estávamos tentando ter um filho e não conseguíamos. Nós passamos por vários especialistas e não tivemos um resultado positivo. Quando estávamos quase perdendo as esperanças, nós viemos aqui na Festa de Iemanjá e fizemos esse pedido. Hoje,16 anos depois, estou voltando com a minha filha para agradecer por esse presente, que eu acredito que Iemanjá me deu. Eu tenho muita fé nessa festa, na força que emana das águas”, afirma.

Neste ano, o festejo foi reconhecido como Patrimônio Cultural de Salvador. O pescador Valdomiro Rodriguez conta que nunca deixou de comparecer. “Para quem vive do mar e arrisca todos os dias a vida num barco em busca de sustento, esse é um momento sagrado de pedir força e proteção e agradecer muito por tudo. Pedimos também fartura para que não nos falte peixe e agradecemos por todos os presentes que o mar nos traz”.

Segurança

O Governo do Estado ajuda a garantir a segurança da tradição com mais de mil profissionais da segurança pública atuando em equipes distribuídas por todos os locais da festa e em locais estratégicos, como vias de acessos, pontos de ônibus e principais avenidas no entorno. Cerca de 892 policiais militares atuam no esquema de policiamento, que inclui portais de abordagens, bases comunitárias de segurança móveis, postos elevados de observação e patrulhas.

Além da 12ª Companhia Independente da PM (unidade responsável pela área), efetivos de unidades especializadas como Esquadrão Águia, operações Gemeos e Apolo, Cavalaria, batalhões de Choque, de Policiamento Turístico (Beptur) e de Eventos (Bepe) reforçam o patrulhamento ostensivo. Contando com 12 órgãos estaduais e municipais, o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), implantado no Centro de Operações e Inteligência da SSP, monitora a festa por meio de câmeras.

O Corpo de Bombeiros Militar, por sua vez, emprega 136 profissionais em equipes distribuídas ao longo do percurso da festa. Pela Polícia Civil, 37 profissionais entre delegados, escrivães e investigadores estão lotados na Delegacia Especial de Área, localizada no Largo de Santana, e na 7ª Delegacia Territorial para atender a população. Já as equipes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estão à disposição na sede, situada na Avenida Centenário.

Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Edição 2020 dos Festejos do Dia de Iemanjá ocorridos no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]