Empresa de chefe da SECOM do Governo Bolsonaro obteve aditivo de 36% em contrato com Igreja Universal; Fabio Wajngarten é investigado por indício de corrupção

Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Secretaria do Governo Bolsonaro.
Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Secretaria do Governo Bolsonaro.
Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Secretaria do Governo Bolsonaro.
Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Secretaria do Governo Bolsonaro.

A empresa do chefe da SECOM do Governo Bolsonaro, Fabio Wajngarten, mantém contrato com a Igreja Universal, do dono da Record, Edir Macedo. Um mês após o secretário assumir o cargo no governo Bolsonaro, a verba prevista no contrato da FW Comunicação com a igreja aumentou em 36%.

Assim como a Band, a Record é uma das emissoras privilegiadas com os maiores percentuais da verba publicitária da Secom na gestão de Wajngarten. Ambas as TVs também possuem contrato com a FW Comunicação.

Wajngarten foi nomeado em 12 de abril do ano passado. Pouco tempo depois, em maio, os repasses da igreja de Macedo à empresa do chefe da Secom saltou de R$ 25,6 mil para R$ 35 mil. De todos os 11 clientes, a Universal recebeu o montante maior. Os dados foram compartilhados pela Folha de S.Paulo.

O negócio, além de antiético, deveria ser ilegal. A legislação proíbe que integrantes da cúpula do governo mantenham transações comerciais com pessoas físicas ou jurídicas que possam ser afetadas por suas decisões. A prática implica conflito de interesses e pode configurar ato de improbidade administrativa, demonstrado o benefício indevido. Entre as penalidades previstas está a demissão do agente público.

No entanto, o caso foi arquivado pela Comissão de Ética Pública da Presidência, após debate na terça-feira (18/02/2020). O colegiado entendeu que não há conflito de interesses no fato de Wajngarten exercer a chefia da Secom ao mesmo tempo em que a FW recebe recursos de TVs e agências contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais.

*Com informações da Revistas Fórum.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 105455 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]