Desfile do Bankoma encanta público no Carnaval 2020 de Lauro de Freitas

Carnaval 2020 de Lauro de Freitas.
Carnaval 2020 de Lauro de Freitas.
Carnaval 2020 de Lauro de Freitas.
Carnaval 2020 de Lauro de Freitas.

“Somos de candomblé, cultuamos os Orixás, mas também temos um bloco de Carnaval para dar voz ao povo de santo” A frase foi dita por Mãe Lúcia, do Terreiro São Jorge Filhos da Gomeia, pouco antes do início do desfile do Bloco Bankoma, que nasceu no terreiro, e desfilou na noite desta segunda-feira (24/02/2020), pelo vigésimo ano no Carnaval de Lauro de Freitas. A beleza das coreografias e o colorido das fantasias deram o tom da festa de vinte anos do bloco, que encantou a todos que assistiram a sua passagem pelas ruas do Centro

Cantada pelos integrantes do bloco, a música inspirada no tema deste ano, Bamburucema –  Vento de Transformação, emocionou Tereza Souza, que desfila na tradicional ala das baianas desde o primeiro ano do bloco. “A Bamburucema é a mulher do raio e do vento, a mulher poderosa, Iansã. Desfilo há vinte anos com muito prazer e cheia de orgulho. Minha história aqui é muito bonita. Recebi de minha mãe, em 2010, a missão de ficar à frente da organização da ala das baianas. Fico muito feliz em ser parte dessa história.”

Além do aniversário de duas décadas do Bankoma, o Terreiro São Jorge Filhos da Goméia teve mais um motivo para comemorar. O samba enredo deste ano da escola carioca Acadêmicos do Grande Rio,“Tata Londirá: o canto do caboclo no Quilombo de Caxias”,  que homenageou o babalorixá baiano Joãozinho da Goméia, para Mãe Lúcia, um homem à frente do seu tempo, que amava a religião e o Carnaval.

“Os dois amores da vida dele eram a religião e o carnaval, como indivíduo, como pessoa ele gostava do Carnaval, como Pai de Santo era respeitoso e respeitado no candomblé, hoje é um ancestral, o espírito dele deve estar feliz, e fico também muito feliz porque nós somos dessa linhagem, dessa raiz, herdeiros dessa figura, desse homem exemplar, e aqui nós também seguimos o passo dele”, declarou a mãe de santo.

Mas a noite também foi de festa para os foliões dos outros blocos que completaram a programação do circuito oficial nesta segunda de carnaval. Aurélio Silva, do Bairro de Vila Praiana, escolheu o Arrastão do Samba para curtir a folia. “Minha família sempre gostou de samba. Por causa disso aprendi a gostar. Eu inclusive toco com a rapaziada, a gente tem um grupo que de vez em quando faz um som em Portão. É isso, samba é bom demais, não tem coisa melhor. ”

Local de encerramento dos desfiles dos blocos, a Praça da Matriz também contou com uma programação especial, com as bandas Família Tríplice Hip Hop, CBX Samba Club, Pablo Santos e No Groove, que garantiram a animação de quem escolheu as atrações da praça para se divertir, a exemplo de Dona Gildete, que elogiou a organização da festa. “Está muito boa a festa, bem organizada, tô achando maravilhosa. Está dando para curtir de boa, desde sexta-feira tô saindo.

O Carnaval é realizado com apoio da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECULT), e do Conselho Municipal de Política Cultural, e conta com esquemas especiais de serviços, a exemplo do atendimento em saúde e limpeza, e controle do trânsito nos circuitos, entorno, e principais vias do município, além da parceria com a Política Militar, responsável pela segurança, e do Corpo de Bombeiros.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109998 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]