Deputado José de Arimateia parabeniza Itacaré pelos 288 anos de emancipação municipal

Jose de Arimateia, deputado estadual pelos Republicanos Bahia.
Jose de Arimateia, deputado estadual pelos Republicanos Bahia.
Jose de Arimateia, deputado estadual pelos Republicanos Bahia.
Jose de Arimateia, deputado estadual pelos Republicanos Bahia.

A passagem do aniversário de 288 anos de fundação de Itacaré, no dia 26, foi comemorada pelo deputado José de Arimateia (Republicanos), que cumprimentou os habitantes do município em moção de congratulações e aplausos apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

No documento, o parlamentar lembrou que “a cidade de Itacaré originou-se de uma aldeia habitada por índios Tupiniquins até a chegada dos europeus em 1530, quando iniciou sua colonização”. Segundo ele, “por volta do ano de 1718, o jesuíta Luís da Grã construiu a Igreja de São miguel às margens do Rio de Contas, quando então o povoado passou a se chamar São Miguel da Barra do Rio de Contas”.

Itacaré foi elevada à categoria de município em 26 de janeiro de 1732, por ordem da Condessa do Resende, dona Maria Athaíde e Castro, donatária da capitania de Ilhéus. O primeiro prefeito municipal, explica Arimateia, foi Joaquim Vieira dos Santos, que governou a cidade de 1890 a 1893.

O legislador explica que, entre os anos de 1890 e 1940, o desenvolvimento municipal aconteceu através do cultivo do cacau. No período, Itacaré se destacou como principal porto de escoamento da produção cacaueira da Bahia e teve seus casarões coloniais construídos pelos ricos coronéis. O declínio veio com a transferência do porto para a cidade de Ilhéus, após o assoreamento da barra do Rio de Contas.

“Com o declínio da economia cacaueira, Itacaré ficou esquecida, guardando seu tesouro: belas praias e mata atlântica preservada, graças ao cultivo do cacau. Anos mais tarde, foi redescoberta por surfistas aventureiros em busca das boas ondas. Em 1998, a conclusão da Estrada-Parque BA-001, Ilhéus-Itacaré, facilitou muito o acesso e possibilitou que Itacaré se tornasse um destino turístico muito procurado”, explicou Arimateia.

Por fim, ele lembrou que a cidade encanta pessoas de todas as partes do planeta e é considerada um grande destino turístico. “Nada mais justo e oportuno que a edilidade desta Casa homenageie e destaque a passagem dos 288 anos de história do querido município de Itacaré, em face de sua próspera trajetória e representatividade histórica, econômica e cultural no Estado da Bahia, no Brasil e no mundo”, concluiu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110984 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]